• 13/11/2018

    Renato Adur quer a presidência estadual do MDB

    Renato Adur quer a presidência estadual do MDB
    Renato Adur (Foto: Divulgação )

    O ex-secretário estadual de Educação, Renato Adur, também aparece como candidato à presidência do MDB do Paraná, em substituição ao senador Roberto Requião.

    Um emedebista histórico confidenciou que Adur é a melhor opção do MDB para ocupar o cargo.

    Adur já foi presidente do diretório estadual do MDB e conta com apoio de alguns prefeitos para ocupar novamente o cargo.

  • 13/11/2018

    Cautelar suspende licitação da Celepar para curso de informática para idosos

    Cautelar suspende licitação da Celepar para curso de informática para idosos
    Artagão de Mattos Leão (Foto: Wagner Araújo/Divulgação TCE-PR)

    Conselheiro emitiu medida preventiva em razão de a pregoeira ter permitido que empresa licitante complementasse a documentação de habilitação após a sessão de lances

    Indícios de irregularidades levaram o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TC-PR) a emitir medida cautelar que suspende licitação da Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar) para a contratação de empresa para a prestação de serviços de treinamento e capacitação itinerante em curso básico de informática, voltado a pessoas idosas.

  • 13/11/2018

    Heranças de família

    Do Filósofo da Vila Nova/Cláudio Osti

    “Belinati sobrinho, dentro de 50 dias começa seu terceiro ano de mandato tentando resolver os problemas deixados pelo Tio: IPTU o Tio isentava; A Caapsmel o Tio não pagava; A Sercomtel o Tio levava”.

  • 13/11/2018

    Na base da especulação

    Na base da especulação
    João Carlos Ortega e Hussein Bakri (Foto: Divulgação)

    Da Roseli Abrão

    Enquanto o governador eleito Ratinho Júnior não anuncia novos nomes para sua futura equipe, as especulações correm soltas.

    Algumas se repetem, como o deputado Guto Silva na Casa Civil e Márcio Nunes na Secretaria de Desenvolvimento Urbano.

    A novidade fica por conta de quem poderia ser o líder do governo na Assembleia Legislativa.

    Fala-se no nome do deputado Hussein Bakri, que não foi reeleito, mas na primeira suplência voltaria à Casa com a possibilidade de Guto Silva e Márcio Nunes forem para o Palácio Iguaçu.

  • 13/11/2018

    Equipe de transição de Bolsonaro mapeia envolvidos em corrupção no Banco do Brasil e na Caixa

    Da Denise Rothenburg

    Enquanto o presidente eleito, Jair Bolsonaro, cuida da escolha de seus ministros, a equipe de transição faz um mergulho no organograma de estatais e bancos públicos, em especial, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal, que sofreram investigações ligadas a megaescândalos, do mensalão à Lava-Jato. Só no Banco do Brasil são nove vice-presidências, uma penca de diretorias abaixo e 70 empresas coligadas, inclusive o Banco Patagônia, na Argentina.

    A equipe de transição procura saber agora onde estão aqueles que serviram aos governos petistas e saíram dos cargos mais expostos, de forma a ficarem abaixo do radar do futuro governo.

  • 13/11/2018

    Transição com rigor

    Transição com rigor
    Cida Borghetti, Ratinho Junior, João Carlos Ortega e Guto Silva (Foto: Divulgação)

    O governador eleito Ratinho Júnior determinou à equipe de transição de governo, que começa a trabalhar a partir do próximo dia 19, que faça uma análise criteriosa e completa de todas os contratos assinados ou renovados recentemente. Também quer um levantamento detalhado sobre todas as licitações. Pediu para levantar e acompanhar tudo considerando o período de até 70 dias antes da sua posse. E avisou que poderão ser revistos ou cancelados os procedimentos que não estiverem de acordo com o orçamento e com a necessidade do estado.

  • 13/11/2018

    E se o Ratinho Jr chamar?

    E se o Ratinho Jr chamar?
    Marcio Nunes (Foto: Pedro Oliveira/Alep)

    Do Boca Santa

    Cotado para ser secretário de Ratinho Jr, o deputado Márcio Nunes diz não houve convite ainda, não.

    "Se houver, temos de discutir muito bem", frisou.

    "Vamos reunir nossos grupos em Campo Mourão e Umuarama e avaliar qual pasta e qual benefício traria para a região", completou.

    Sobre presidir a Assembleia Legislativa, ele acha a discussão prematura.

    "Já estou muito satisfeito por ter sido lembrado", contou.

  • 13/11/2018

    Fernando Francischini faz enquete para saber se deve disputar presidência da Alep

    Fernando Francischini faz enquete para saber se deve disputar presidência da Alep
    Fernando Francischini (Foto: Gustavo Lima/Agência Câmara)

    O deputado federal Fernando Francischini (PSL) assume como deputado estadual apenas no dia 1º de fevereiro de 2019, mas está empenhado na viabilização da candidatura à Assembleia Legislativa do Paraná.

    No Facebook, Francischini vem questionando os seguidores se deve disputar a presidência do legislativo paranaense.

    Até ontem, 79 internautas responderam ao questionamento.

DESTAQUES DOS EDITORES