• 21/07/2018

    Fecha, mas não entrega

    Da Denise Rothenburg

    O candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, chegará ao grid de largada com a maior aliança eleitoral da temporada.

    Mas isso não é sinal de que terá todos os deputados e senadores dos partidos aliados dedicados à sua campanha.

    No Nordeste, quem entende do andar da carruagem avisa que, se o ex-presidente Lula conseguir o registro no Tribunal Superior Eleitoral ou, ao menos, uma liminar que assegure seu nome na disputa, parlamentares do PP e do PR por lá vão virar Lula na mesma hora.

    É o “modo MDB”, que nas duas vezes em que teve candidato a presidente — Ulysses Guimarães, em 1989, e Orestes Quércia, em 1994 — largou no meio da campanha sem a menor cerimônia.

  • 21/07/2018

    Cinco convenções acontecem neste sábado no Paraná

    Cinco convenções acontecem neste sábado no Paraná
    Ratinho Junior (Foto: (Foto: Rodrigo Félix Leal))

    Hoje, será o primeiro dia de convenções partidárias no Paraná.

    A mais importante será do PSD, no Paraná Clube quando Ratinho Junior será homologado candidato ao Palácio Iguaçu.

    Também farão hoje as convenções: o PSC, o MDB, o PV e o Pros.

    O cronograma é o seguinte.

    PSD, dia 21 de julho, na sede do Paraná Clube. Das 9 às 14 horas.

    PSC, 21 de julho, também no Paraná Clube.

    MDB, dia 21 de julho, na sede do partido, em Curitiba. Das 9 às 14 horas.

    PV, dia 21 de julho, no Espaço Amazônia, ao lado do Colégio Opet, rua Nilo Peçanha, Curitiba. Das 14 às 18 horas.

    PROS, dia 21 de julho, Espaço Torres, Rua Pergentina Silva Soares, 159 – Jardim Botânico, em Curitiba.

    PSOL, fará a convenção dia 27 de julho, na sede da APP-Sindicato, em Curitiba.PT, 28 de julho, na sede do partido, em Curitiba.

    PMN, 28 de julho, em Curitiba.

    Rede e Democracia Cristã, 29 de julho, Hotel Caravelle, em Curitiba.

    PDT, 4 de agosto, no Hotel Nacional Inn, em Curitiba.

    Podemos, convenção pré-agendada para o dia 4 de agosto.

    PSDB, pré-agendada para 4 de agosto.

    Progressistas, será definida para 4 ou 5 de agosto.

  • 20/07/2018

    Cida Borghetti empata matematicamente com Ratinho Junior em apoios de deputados federais

    Cida Borghetti empata matematicamente com Ratinho Junior em apoios de deputados federais
    Cida Borghetti (Foto: (Foto: AEN))

    Mesmo com a máquina e 12 deputados federais, a governadora Cida Borghetti (PP) não está conseguindo emplacar o nome dela para ir ao segundo turno das eleições de sete de outubro.

    Ratinho Junior (PSD) e Osmar Dias (PDT) continuam com liderança folgada na disputa para o segundo turno que acontece em 28 de outubro.

    Cida fechou com 12 deputados federais (Alex Canziani (PTB), Alfredo Kaefer (PP), Aliel Machado (PSB), Leopoldo Meyer (PSB), Luciano Ducci (PSB), Luiz Carlos Hauly (PSDB), Nelson Meurer (PP), Osmar Bertoldi (DEM), Osmar Serraglio (PP), Ricardo Barros (PP), Valdir Rossoni (PSDB) e Toninho Wandscheer (PROS).

    Junior tem onze: Christiane Yared (PR), Delegado Francischini (PSL), Edmar Arruda (PSD), Evandro Roman (PSD), Giacobo (PR), Leandre (PV), Luiz Nishimori (PR), Reinold Stephanes (PDT), Rubens Bueno (PPS), Sandro Alex (PSD) e Takayama (PSC).

    Dias tem cinco: Assis do Couto (PDT), Diego Garcia (PODE), Frangão (MDB), João Arruda (MDB) e Sérgio Souza (MDB).

    Caso o MDB vá de Cida, o grupo do pedetista vai cair para apenas dois (Couto e Garcia) e o de Cida vai aumentar para 15.

    Dr. Rosinha (PT) tem dois: Ênio Verri, Zeca Dirceu.

    Jorge Bernardi não tem nenhum federal.

  • 20/07/2018

    Manuel D'Ávila é convidada para ser vice de chapa com o PT

    Manuel D'Ávila é convidada para ser vice de chapa com o PT
    Manuel D'Ávila (Foto: Divulgação/Agência Câmara)

    Com Lula preso na superintendência da Polícia Federal em Curitiba, a senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, está tentando atrair o PCdoB para a vice de uma possível chapa ao Alvorada.

    Manuel D'Ávila é pré-candidata do PCdoB à presidência e até o momento não se manifestou se vai entrar na barca dos desesperados.

    O partido de Gleisi está isolada na disputa e precisa de parceiros para continuar o chororô de “Lula livre”.

  • 20/07/2018

    Cida vai privatizar a Copel Telecom?

    Cida vai privatizar a Copel Telecom?
    Copel (Foto: (Divulgação))

    Do Ângelo Rigon

    Na sede da Copel, no elegante bairro do Batel, na Coronel Dulcídio, uma reunião sigilosa traçou novos rumos para a Copel Telecom, que é controlada pela Copel.

    Segundo um dos participantes, orientação que teria vindo do Palácio Iguaçu, com as bênçãos do deputado federal Ricardo Barros, marido da governador Cida Borghetti, determinou a transferência de R$ 2,5 milhões da conta de marketing para conta de marketing de produtos.

    Esta operação permitiria a flexibilização de uso dos recursos mesmo em meio às proibições da legislação específica do período eleitoral.
    Mas a segunda ordem é ainda mais agressiva.

    Determinou a realização de um estudo de uma Oferta Pública Inicial (usualmente referida como IPO, do inglês Initial Public Offering), um tipo de oferta pública em que as ações de uma empresa são vendidas ao público em geral numa bolsa de valores pela primeira vez.

    É o processo pelo qual uma empresa se torna numa empresa de capital aberto. Em outras palavras, uma privatização.

    O estudo sugerido é para três volumes de emissão; 10%, 30% e 49%. O IPO, em um dos percentuais, seria iniciado logo após as eleições.

  • 20/07/2018

    Vencedor de licitação pode “quarteirizar” a UPA/CIC

    Vencedor de licitação pode “quarteirizar” a UPA/CIC
    UPA - CIC (Foto: Luiz Costa - SMCS)

    O blog Contraponto denuncia que o líder do prefeito Rafael Greca (PMN) na Câmara Municipal de Curitiba, Pier Petruzziello (PTB), teria fortes ligações com uma empresa de assistência médica que herdaria a administração da UPA/CIC, fechada em 2016 pelo ex-prefeito Gustavo Fruet (PDT).

    Se realmente isso for verdade, a empresa INCS – vencedora da concorrência – iria “quarteirizar” os serviços do posto de saúde da Cidade Industrial.

    A informação chega no momento em que a Justiça proíbe a terceirização da Saúde na capital paranaense, proposta por Greca.

  • 20/07/2018

    Ney Leprevost vai tentar vaga na Câmara Federal

    Ney Leprevost vai tentar vaga na Câmara Federal
    Ney Leprevost (Foto: (Foto: Pedro de Oliveira/Alep))

    O deputado estadual Ney Leprevost (PSD) vai mesmo disputar uma das vagas do Paraná para a Câmara Federal, no dia sete de outubro.

    O ex-candidato à prefeitura de Curitiba confirmou a notícia na manhã de hoje para a imprensa, através do aplicativo “What’s App”.

    Leprevost era também cotado para disputar uma das duas vagas ao Senado Federal.

    Caso seja eleito, ele se torna um dos principais “players” da próxima eleição municipal em Curitiba, em 2020.

  • 20/07/2018

    PSD pretende promete convenção inovadora para indicar Ratinho Junior ao Iguaçu

    PSD pretende promete convenção inovadora para indicar Ratinho Junior ao Iguaçu
    Ratinho Junior (Foto: Foto: Rodrigo Félix Leal)

    A convenção do PSD que deve confirmar o nome do deputado Carlos Massa Ratinho Júnior para a disputa ao Governo do Paraná, amanhã, às 9h, no Paraná Clube, trará um modelo inédito de apresentação.

    A proposta da organização é replicar o mesmo conceito e a estrutura de palco das apresentações do TED, “a conferência mais espetacular do mundo” segundo definição da revista Super Interessante.

    A apresentação começará com um vídeo especialmente produzido para a convenção e que resgata um pouco a história da vida e a trajetória política do deputado e a experiência de gestão acumulada no comando das empresas da sua família e nos quase quatro anos à frente da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano e do Paranacidade.

    Em seguida, Ratinho Júnior falará sobre os cincos eixos de transformação que formam a base do Plano de Governo e que ele apresentará em sua campanha.

    O Plano foi consolidado também em um formato diferente.

    Nos últimos 15 meses, foram realizados 30 encontros regionais onde a população e as lideranças apresentaram e discutiram com Ratinho Júnior as principais demandas de cada região.

    Desses encontros saíram as sugestões para formatar os cinco eixos principais que formam a base de um novo modelo de gestão pública.

DESTAQUES DOS EDITORES