• 17/07/2018

    Ex-servidor da Câmara de Araucária é condenado a 12 anos de prisão pelo crime de obstrução à Justiça

    Ex-servidor da Câmara de Araucária é condenado a 12 anos de prisão pelo crime de obstrução à Justiça

    Do G1 Paraná

    O ex-servidor comissionado da Câmara de Vereadores de Araucária, Região Metropolitana de Curitiba, Ângelo Marcio Pinheiro Ribeiro, foi condenado a 12 anos, um mês e nove dias de reclusão pelo crime de obstrução à justiça em um processo da Operação Sinecuras.

    O réu também terá que pagar multa no valor de R$ 372 mil. A sentença foi proferida pelo juiz Fábio Luiz Machado no dia 12 de julho, e a decisão cabe recurso.

    A Operação Sinecuras foi deflagrada em abril deste ano e prendeu um vereador e quatro ex-vereadores da cidade preventivamente. Angelo Ribeiro é um deles.

    Segundo o Ministério Público do Paraná (MP-PR), Ribeiro deve iniciar o cumprimento da sentença em regime fechado. Ele foi considerado culpado por constranger testemunhas relacionadas à primeira fase da investigação, que apura o pagamento de “mensalinho” aos vereadores da gestão 2013/2016 pelo então prefeito da cidade, de acordo com os promotores.

    O acordo em troca de apoio, segundo o MP-PR, permitia aos vereadores a indicação de pelo menos cinco servidores para ocupação de cargos em comissão na prefeitura. Os esquema teria envolvido pagamentos de aproximadamente R$ 5 milhões, ainda conforme as investigações.

    Em junho deste ano, outro réu ligado ao caso também foi condenado por obstrução à justiça a quatro anos e seis meses de reclusão em regime inicialmente semiaberto, além de pagamento de multa.

    A Câmara de Araucária disse que Angelo foi exonerado à época em que a operação foi deflagrada, em abril desde ano.

    O advogado do réu, Mário Masahar Suzuki, não quis comentar o assunto, apenas disse que deve entrar com recurso ainda nesta terça-feira (17).

    Três fases

    A operação, conforme as Promotorias de Justiça de Araucária, foi dividida em três fases: "Mensalinho", "Alqueire de Ouro" e "Vida Fácil".

    A "Mensalinho" está relacionada a pagamentos aos vereadores de Araucária, enquanto a "Alqueire de Ouro" remete-se à compra do terreno superfaturado pela Companhia de Desenvolvimento do Município de Araucária (Codar).

    Já a "Vida Fácil" envolve propina a uma construtora e terrenos da Companhia de Habitação Popular (Cohab) de Araucária.

    Para chegar aos alvos, as promotorias contaram com colaborações premiadas e quebras de sigilos bancários. Além disso, há imagens de acertos para os vereadores envolvidos, que embasaram a operação.

  • 17/07/2018

    Secretário de Desenvolvimento Urbano de Cida Borghetti está na lista negra enviada ao TRE-PR

    Secretário de Desenvolvimento Urbano de Cida Borghetti está na lista negra enviada ao TRE-PR
    Silvio Barros II (Foto: (Foto: AEN))

    Quando desembarcar em Curitiba, a governadora Cida Borghetti (PP) vai ter que descascar um problema na atual administração: o nome do secretário de Desenvolvimento Urbano e ex-prefeito de Maringá, Silvio Barros II, aparece na lista negra do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE).

    Para continuar com chances de chegar ao segundo turno da eleição de sete de outubro, Cida terá que se posicionar e possivelmente se livrar do indesejado aliado, para não ter teto de vidro durante a campanha eleitoral.

    A dita lista negra enviada pelo Tribunal de Contas do Paraná (TC-PR) a Justiça Eleitoral tem 1083 nomes que ao utilizarem recursos públicos nos últimos oito anos fizeram de maneira incorreta ou tropeçaram no meio de caminho.

  • 17/07/2018

    Ratinho Junior terá apoio do Podemos em todos os municípios do Paraná

    Ratinho Junior terá apoio do Podemos em todos os municípios do Paraná
    Na foto, Alef Bueno, pastor da Assembleia de Deus, Banto Batista, o gestor pública Lindolfo Junior e Elias Dias. (Foto: divulgação)

    Do Angelo Rigon

    Além do engenheiro Eduardo Nastas, que coordena as lideranças do Podemos no Litoral do Paraná, nesta segunda-feira, o ex-presidente da Uvepar e ex-prefeito de Juranda, Bento Batista assumiu a coordenação de Ratinho Junior, representando as lideranças do partido na região de Campo Mourão. 

  • 17/07/2018

    Veto de Cida a reajuste escancara abismo salarial entre poderes

    Do blog do João Frey

    O ex-secretário da Fazenda do Paraná, Mauro Ricardo Costa, costumava dizer que o Paraná tem “ilhas de prosperidade em um continente de dificuldades”. Na justificativa do veto ao reajuste salarial dos servidores do Ministério Público, dos tribunais de Justiça e de Contas, da Assembleia Legislativa e da Defensoria Pública, a governadora Cida Borghetti (PP) apresentou dados que referendam a tese de Mauro Ricardo.

    De acordo com os números publicados no Diário Oficial, enquanto a média salarial dos servidores efetivos do Executivo é de R$ 5,3 mil; no Tribunal de Contas esse valor chega a R$ 22,6 mil. A diferença acontece também nos outros órgãos, ainda que em uma proporção menor.

    Abismo salarial

    Dados do governo do Paraná mostram que média salarial dos servidores efetivos do Tribunal de Contas é mais de quatro vezes maior que no Executivo.

    Órgão                        Quantidade de Servidores      Média Salarial (R$)

    Executivo                                   147.299                           5.361,66

    Assembleia Legislativa               359                               10.114,33

    Tribunal de Justiça                      7.055                              11.043,71

    Ministério Público                        1.569                              18.115,06

    Tribunal de Contas                      621                              22.575,45

    Fonte: Governo do Paraná

    “Veja-se que, em que pese o Poder Executivo possuir 94% da quantidade de servidores do Estado, a folha mensal representa apenas 86,5% do percentual total da folha de servidores ativos. Este dado evidencia que há desequilíbrio entre as remunerações percebidas pelos Poderes, na medida que, se houvesse maior isonomia entre os salários, o percentual da folha mensal do Executivo seria semelhante ao percentual da quantidade de servidores que possui, o que não ocorre”, argumenta a governadora em seu veto.

    Segundo o governo, essa situação “ocorre por diversos motivos, dentre eles o fato de que os salários de ingresso nas carreiras dos Poderes são superiores ao do Poder Executivo de uma forma geral, bem como respectivas carreiras possuem planos de cargos e salários mais prestigiados”.

    Apesar de a média salarial dos servidores do Executivo ser a mais baixa na comparação com outros poderes, é este grupo que consome a maior parte do orçamento de pessoal de todo o estado. O motivo é óbvio. Enquanto os outros poderes têm, somados, 9,6 mil servidores efetivos, o Executivo tem 147 mil.

  • 17/07/2018

    Yared declara apoio a Alvaro Dias

    Yared declara apoio a Alvaro Dias
    Cristiane Yared (Foto: )Foto: Agência Câmara))

    Do Fábio Campana

    O PR, partido de Christiane Yared, e do mensaleiro Waldemar Costa Neto, ainda não definiu para onde vai seu apoio.

    Mas Yared já comunicou à cúpula da sigla sua preferência por Alvaro Dias.

    O PR está em tratativas nacionais com praticamente todos os candidatos, no Paraná a tendência é que o apoio vá para Ratinho Jr.

  • 17/07/2018

    PSL namora firme com o PSD de Ratinho Junior

    PSL namora firme com o PSD de Ratinho Junior
    Fernando Francischini em Campo Mourão (Foto: Divulgação)

    O deputado federal Fernando Francischini (PSL) vem conversando com Ratinho Junior para que o PSD apoie a candidatura dele ao Senado Federal.

    Ontem, Francischini esteve em Campo Mourão, acompanhado pelo filho, o deputado estadual Felipe Francischini (PSL), para lançar a pré-candidatura.

    A receptividade foi tão grande que o prefeito Tauillo Tezelli esteve no evento acompanhado de nove dos 13 vereadores do município.

    A movimentação vem ameaçando a vaga do ex-governador Beto Richa (PSDB), por ter um candidato ganhando adesões em diversas cidades do interior, base onde ele investiu nos últimos três anos e meio.

  • 17/07/2018

    Gustavo Fruet deve disputar uma cadeira na Câmara Federal

    Gustavo Fruet deve disputar uma cadeira na Câmara Federal
    Gustavo Fruet (Foto: (Foto: Franklin de Freitas))

    O ex-prefeito Gustavo Fruet (PDT) não pensa em disputar uma das duas cadeiras do Paraná no Senado Federal, mesmo com a pressão de Osmar Dias (PDT) & Cia, com a perspectiva de Roberto Requião debandar para o lado de Cida Borghetti (PP).

    Com uma eleição praticamente garantida com os votos de Curitiba para a Câmara Federal, mas sem perspectiva de ser um campeão de votos, devido a oscilante administração na prefeitura da capital paranaense, entre os anos de 2013 a 2016, ele confidenciou a amigos que não quer ficar sem mandato.

    Além do que ele foi desaconselhado a tentar novamente disputar a chave do Palácio 29 de Março pelos principais assessores, por não ter um perfil de administrador.

  • 17/07/2018

    Nome de Dr. Rosinha encontra resistência no Paraná

    Nome de Dr. Rosinha encontra resistência no Paraná
    Dr. Rosinha e militante petista em Ponta Grossa (Foto: Divulgação Facebook)

    Candidato do PT ao governo do Paraná, o ex-deputado federal Dr. Rosinha, vem encontrando dificuldades para se comunicar com o paranaense.

    Nos eventos realizados pelo interior, ele consegue atrair apenas a militância petita, cada vez menor conforme fotografias estampadas no Facebook do candidato.

    Rosinha parece estar mais preocupado em ver Lula fora da prisão do que na campanha para o Palácio Iguaçu.

    É uma pena, ele é um dos poucos petistas de carteirinha a não ter o nome manchado por acusações de corrupção, bem ao contrário do ex-presidente, atualmente preso na sede da Polícia Federal, no bairro do Santa Candida.

  • 17/07/2018

    Cida prefere reuniões chapa branca

    Cida prefere reuniões chapa branca
    Dr. Rosinha e militante petista em Ponta Grossa (Foto: Divulgação Facebook)

    Ao contrário de Ratinho Junior (PSD) e Osmar Dias (PDT), a governadora Cida Borghetti (PP) não vem investindo em formação política e buscando contato direto com mulheres.

    Até viajar para os Estados Unidos, na semana passada, Cida preferiu eventos chapa branco, onde o prefeito convoca a população para ver a cidade receber um recurso da administração atual.

    Quando reassumir, ela vai ter que mudar a tática, já que os convênios estão proibidos desde o dia sete de julho.

  • 17/07/2018

    Ratinho Junior coloca três mil mulheres em evento

    Ratinho Junior coloca três mil mulheres em evento
    Ratinho Junior (Foto: Divulgação/Instagram)

    Enquanto Osmar Dias (PDT) vem enfrentando dificuldades para mobilizar simpatizantes e patinando na corrida eleitoral, o principal opositor do pedetista, Ratinho Junior (PSD), vem empolgando os eleitores nos eventos por Curitiba, região metropolitana e no interior do Paraná.

    Um exemplo claro foi encontro com mulheres.

    No final de semana passada Dias reuniu poucas interessadas no que ele tinha para falar.

    Junior ao contrário, reuniu uma multidão em outro encontro destinado ao sexo feminino.

    O peessedista vem mostrando articulação e favoritismo na eleição, não sendo à toa está liderando a corrida pelo Palácio Iguaçu.

DESTAQUES DOS EDITORES