• 14/09/2018

    ‘Richa deveria ter sido preso antes da eleição’, diz Dr Rosinha

    Do Bem Paraná

    Na quinta rodada da sabatina PUCPR/Bem Paraná, o candidato do PT ao governo do Estado, ex-deputado federal Dr Rosinha, acusou ontem o Ministério Público de atuar politicamente para influenciar o resultado da eleição.

    Segundo ele, o ex-governador e candidato ao Senado, Beto Richa (PSDB), deveria ter sido preso antes do período eleitoral.

    Além disso, afirmou Rosinha, a operação Lava jato também age politicamente, já que nenhum grande empresário envolvido em corrupção estaria preso. 

    O candidato negou que o PT seja um partido corrupto, alegando que no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a Polícia Federal ganhou autonomia para investigar livremente, e o chefe da Procuradoria Geral da República foi indicado sem influência política. Confira abaixo os principais trechos da sabatina. 

  • 14/09/2018

    Joel Malucelli se apresenta ao Gaeco

    Joel Malucelli se apresenta ao Gaeco
    Joel Malucelli (Foto: Divulgação)

    O primeiro suplente do senador Álvaro Dias, Joel Malucelli (Pode), que estava na Itália no dia da operação Rádio Patrulha, que investiga desvios no programa Patrulha do Campo, se entregou ao Gaeco.

    Malucelli chegou a ser considerado foragido e a provisória dele começa a ser contada a partir desta sexta-feira.

  • 14/09/2018

    Comando da PM pode ser chamado na Alep para esclarecimentos

    Comando da PM pode ser chamado na Alep para esclarecimentos
    Reunião de PMs (Foto: Divulgação)

    O comando da Polícia Militar do Paraná poderá ser chamado para prestar esclarecimentos na Assembleia Legislativa, com suspeita de utilizar reuniões internas de trabalho para fazer campanha para a Governadora Cida Borgheti. 

    O deputado Hussein Bakri recebeu a denúncia e está liderando um grupo de deputados que pretendem apurar as informações:

    “É um caso grave e que merece todo cuidado. Vamos apurar a verdade e denunciar para a imprensa nacional se for preciso” afirmou Bakri. 

    Segundo informações, os Policiais são chamados para uma reunião de trabalho com o Comando-geral e, ao final da reunião, o candidato a vice-governador, Cel Malucelli, entra na reunião e utiliza para fazer política, inclusive atacando os adversários.

    Nota do Coronel Malucelli

    Ao visitar o SESTSENAT, de PG, também estive FORA DO HORARIO DO EXPEDIENTE falando com ex comandados meus; respeitando a todos os candidatos aos quais tenho muita consideração.

    Portanto, a informação que deram ao amigo não reflete a real verdade, assim como a Cmt Cel Audilene não fez política a respeito, está política rasteira não é do nosso feitio.

    Recebi a notícia via blog do Tupan, apenas estou esclarecendo.

    Abr
    Cel Malucelli

  • 14/09/2018

    Ex-secretário de Richa se entrega; Joel Malucelli é o único foragido

    Ex-secretário de Richa se entrega; Joel Malucelli é o único foragido
    Edson Casagrande (Foto: Divulgação)

    Eriksson Denk/Gazeta do Povo:

    O ex-secretário de Assuntos Estratégicos do Paraná Edson Casagrande (foto) se entregou no fim da tarde de ontem, dois dias depois dos policiais e agentes do Grupo Especial de Combate à Corrupção e Crime Organizado cumprirem os mandados de prisão expedidos pelo juiz Fernando Fischer, da 13ª Vara Criminal de Curitiba, na Operação Rádio Patrulha.

    O empresário Joel Malucelli segue foragido na Itália – é o único da lista ainda não encontrado pelas autoridades. Todos os envolvidos negam as acusações.

    Casagrande chegou ao Gaeco às 17h40 em um Hyundai Santa Fé, acompanhado de seus advogados, de onde seguiria para o Complexo Médico Penal (CMP).

    Os mandados de prisão temporária (duração de cinco dias) constam no mesmo pedido que levou à prisão o ex-governador Beto Richa (PSDB), a ex-secretária de Desenvolvimento Social Fernanda Richa (PSDB), mulher dele, e Pepe Richa (PSDB), irmão do ex-governador e ex-secretário de Infraestrutura e Logística.

    Os três estão presos no Regimento da Polícia Militar e outros quatro investigados estão no Complexo Médico Penal, em Pinhais, para onde Casagrande deve ser levado. 

  • 14/09/2018

    Partidos aliados pressionam para renúncia de Beto Richa

    Partidos aliados pressionam para renúncia de Beto Richa
    Fernanda Richa e Beto Richa (Foto: Ricardo Pereira)

    A coligação de Cida Borghetti (PP) pressiona o PSDB para que Beto Richa desista da candidatura ao Senado Federal, para evitar constrangimentos para a campanha da reeleição da progressista, já debilitada pelo fraco desempenho nas pesquisas eleitorais.

    O tucano que está preso no Regimento de Polícia Montada Coronel Dulcídio, no bairro do Tarumã, em Curitiba, ainda não se pronunciou através dos advogados sobre a possível desistência.

    Assessores próximos ao tucano defendem que ele siga o caminho de Aécio Neves e dispute uma vaga à Câmara Federal, onde não seria um alvo tão visado.

  • 14/09/2018

    João Arruda, condenado por matar duas jovens no trânsito, afirma que foi injustiçado

    João Arruda, condenado por matar duas jovens no trânsito, afirma que foi injustiçado
    João Arruda (Foto: Reprodução)

    Do Jornale

    Em uma sabatina promovida nesta quinta-feira (13), pela Gazeta do Povo, o deputado federal João Arruda, que concorre ao Governo do Paraná, disse que foi “injustamente” condenado por furar um sinal vermelho.

    No acidente, o carro conduzido por João Arruda colidiu com outro veículo matando Mariana de Oliveira, 18 anos, Naline Picolo de 17 anos e ferindo outros dois ocupantes do carro.

    Arruda foi condenado em 2003 pela 2ª Vara de Delitos de Trânsito de Curitiba a quatro anos e três meses de detenção pelo acidente. 

    A pena inicial foi acrescida de mais seis meses por ele ter fugido do local sem prestar socorro às vítimas.

    O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) concedeu a João Arruda Júnior a possibilidade de transformar as horas de trabalho comunitário à qual foi condenado em prestação pecuniária (pagamento).

    Na sabatina em Curitiba João Arruda disse considerar a decisão uma “injustiça”. Uma das vítimas, Naline Picolo, deixou um filho de um ano e quatro meses que passou a ser criado pela avó.

    Em 2006, João Arruda foi condenado a pagar 220 salários mínimos ao filho da falecida Naline Picolo.

  • 14/09/2018

    Rojão é atirado para acertar candidatos do PT em ato Lula Livre

    Rojão é atirado para acertar candidatos do PT em ato Lula Livre
    Dr Rosinha (Foto: Reprodução)

    A onda de agressões a políticos em Curitiba ganhou mais vítimas: um rojão foi direcionado para perto de onde estavam o candidato ao Palácio Iguaçu Dr. Rosinha e o deputado estadual Tadeu Veneri.

    A dupla nada sofreu.

    O local do incidente foi novamente as esquinas da Monsenhor Celso com Rua das Flores, local onde petistas tem bancas e estavam fazendo um ato chamado Lula Livre.

    No início da semana, um outro rojão foi direcionado para a senadora Gleisi Hoffmann (PT), candidata a deputada federal, em ato semelhante.

    A onda de violência contra políticos começou no final do mês passado, quando o ex-vereador Professor Galdino (PSL) foi nocauteado com uma voadora por punks antifas, nas esquinas da Marechal Floriano, com a Rua das Flores, e que apoiam políticas petistas.

     

  • 14/09/2018

    STJ nega habeas corpus a Beto Richa e a Fernanda

    STJ nega habeas corpus a Beto Richa e a Fernanda
    Beto Richa e Fernanda Richa (Foto: Divulgação)

    O ex-governador Beto Richa e a esposa, Fernanda Richa, continuarão detidos no Batalhão Coronel Dulcídio, no bairro do Tarumã, em Curitiba.

    Ontem, a ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ) indeferiu pedidos de habeas corpus do casal Richa.

    Eles foram presos por suspeita de ligação em um esquema de propina de R$ 70 milhões.

    Hoje, o juiz Fernando Fischer decide se a custódia do casal vai ser prorrogada.

  • 14/09/2018

    PF mira fraudes na Assembleia Legislativa do Acre

    A Polícia Federal cumpriu mandados contra um grupo criminoso investigado por fraudar contratos públicos na Assembleia Legislativa do Acre.

    Batizada de Hefesto, a ação está sendo realizada nas cidades de Rio Branco, Xapuri e Sena Madureira.

    São cumpridos sete mandados de prisão e 17 mandados de buscas e apreensão por mais de 80 policiais federais. As informações são do Estado de São Paulo.

    Os investigadores apuram os crimes de peculato, corrupção, lavagem de dinheiro, organização criminosa, fraude à licitação e falsidade ideológica.

    Além de avançar sobre os desvios no Legislativo, a Hefesto também investiga a tentativa de suborno por parte do grupo criminoso a servidores da Justiça do Trabalho do Estado.

    O objetivo da tentativa de cooptação dos funcionários da Justiça era encobrir o esquema criminoso para que não fosse descoberto pelos órgãos de fiscalização e persecução penal.

  • 13/09/2018

    Ratinho Junior fala que jovens precisam sentir orgulho de viver no Brasil

    Ratinho Junior fala que jovens precisam sentir orgulho de viver no Brasil
    Ratinho Junior (Foto: Rodrigo Félix Leal)

    Ratinho Junior, afirmou aos universitários que acompanharam sabatina da PUC que pretende trabalhar para fazer com que os jovens não sintam vontade de deixar o país.

    Junior citou uma pesquisa do Jornal Folha de São Paulo, que mostrou que 62% da população entre 16 e 24 anos manifesta o desejo de sair do Brasil.

    “Precisamos resgatar a esperança, fazer com que as pessoas possam confiar nos seus líderes, que os jovens tenham perspectivas de entrar no mercado de trabalho, de conquistar um bom emprego. Para isso, temos que criar um ambiente favorável ao aprendizado, investir em qualificação e dar uma atenção especial aos filhos de produtores rurais”, declarou. 

    Da sabatina, organizada por alunos da universidade, participaram professores dos cursos de jornalismo e direito e representante do DCE (Diretório Central dos Estudantes).

    O candidato respondeu perguntas dos estudantes que estavam na plateia e questionamentos que chegaram por meio das redes sociais e aplicativos de mensagens.

    Ele falou das propostas para desenvolver o Estado e foi elogiado pelos estudantes.

    “Achei que ele está muito bem preparado nas questões de economia”, disse Bruna Bianchini, aluno do curso de direito.

    Carlos Alexandre Bezrutchka, que faz publicidade, revelou surpresa com o perfil e projetos apresentados por Ratinho Junior.

    “Eu não o conhecia, não esperava encontrar um candidato tão preparado. Dos que participaram da sabatina até agora, ele foi o melhor. Gostei especialmente da proposta dele de reduzir os custos do governo para investir em infraestrutura”, afirmou.

DESTAQUES DOS EDITORES