Orna Café, empreendimento da equipe do Tudo Orna, inaugura dia 27

22 janeiro, 2018 às 16:52  |  por Simone Meirelles
Cafés do Orna Café (fotos divulgação)

Cafés do Orna Café (fotos divulgação)

Com um conceito “to go”, o Orna Café abre suas portas no dia 27 de janeiro, no Batel. Essa é a primeira empreitada offline das irmãs Bárbara, Débora e Julia Alcântara, criadoras do blog Tudo Orna, e tem como sócios os empresários Emerson Nery, Fernando Sobczak e Ricardo Pedroni.

Liberdade de criação será o grande destaque do menu do Orna Café . O empreendimento trará preparos clássicos, como os famosos espresso, cold brew e latte, mas vai propor, também, que os clientes customizem suas bebidas da maneira que preferirem com itens como chantilly, marshmallow, espuma de leite e caldas. As bebidas serão servidas em copos de viagem para serem consumidas no local ou levadas para qualquer lugar durante a rotina do dia a dia. O público poderá escolher entre dois blends exclusivos de café: o Terra Roxa ou o Jon Fofo.

Café Jon Fofo

Café Jon Fofo

“Preparamos dois blends exclusivos para o nosso público, que vão carregar um pouco das nossas histórias e raízes. O Terra Roxa é cultivado nas terras paranaenses, e faz uma homenagem aos produtores locais. Já o grão batizado de Jon fofo é uma homenagem a um gatinho da família. Ele é mais refinado, com um sabor frutado. Esse grão é itinerante e, por enquanto, ele é cultivado na Fazenda Barinas, no interior de Minas Gerais”, comenta Ricardo Pedroni.

Além dos preparos com café, o empreendimento gastronômico vai trabalhar com outras bebidas para quem quiser variar, entre eles um delicioso chá verde com hortelã fresquinha; e as famosas sodas italianas em diversos sabores, ótimas opções de refresco para os dias mais quentes. Para harmonizar com as bebidas, o Orna Café vai oferecer salgados, com opções sem lactose e veganas, sanduíches e bolos.

Com capacidade para receber até 70 pessoas, o Orna Café conta com traços arquitetônicos e design de interiores inspirados na capital paranaense. Postes de iluminação de rua usados nos anos 1970, araucárias, pontos turísticos, arcos e elementos circulares foram as referências para o café. A fachada, por exemplo, homenageia o belíssimo Memorial de Curitiba. Já as luminárias remetem a um dos principais pontos turísticos da capital paranaense: o Jardim Botânico.

Interior do Orna Café

Interior do Orna Café

“Estamos vivenciando uma era com novos hábitos de consumo. Queremos estar em lugares que nos orgulhamos e nos inspiramos, capazes de proporcionar momentos ‘Instagramáveis’, afinal, nossas redes sociais se tornam o lugar onde colecionamos e dividimos experiências que merecem até, nosso registro. No ORNA CAFÉ daremos esse gostinho para o nosso público, mostrando que coisas incríveis podem surgir em Curitiba”, diz Débora Alcântara.

ORNA CAFÉ está localizado na Alameda Doutor Carlos de Carvalho (nº 943), no bairro Batel.  O empreendimento vai funcionar, a partir do dia 27 de janeiro, de segunda a sábado, das 11h às 20h. Mais informações nos perfis oficiais no Facebook (www.facebook.com/ornacafe) e no Instagram (@ornacafe).

(fonte: Assessoria)

Oficina no Centro Europeu divulga tour gastronômico Cooking in Portugal

22 janeiro, 2018 às 15:45  |  por Simone Meirelles
Chef Nayane Barreto (foto divulgação)

Chef Nayane Barreto (foto divulgação)

Olha que oportunidade bacana! No próximo dia 31 de janeiro a chef Nayane Barreto estará em Curitiba, a convite da jornalista Glória Bertin, para o lançamento da quinta edição do Cooking in Portugal (click aqui e assista ao vídeo). Conhecida nacionalmente por sua atuação no Masterchef, ela participará de uma oficina gastronômica harmonizada em conjunto com a chef Lívia Santin e o sommelier Alcioni Dümes, ambos do Centro Europeu.

Ela, que participou da quarta edição do Cooking em Portugal, vem contar um pouco da sua experiência e convidar a todos para que participem deste evento gastronômico único. Serão visitadas 7 cidades no norte de Portugal e suas atrações, como shows típicos e espetáculos de fado. E o principal: participando de showcookings e workshops com chefes renomados como Jorge Peres, que trabalhou durante 12 anos no palácio de Buckingham, e a própria Nayane. Além disto, a viagem inclui: a degustação de vinhos e da gastronomia portuguesa em premiados restaurantes, visitas a olivais, vinícolas, fábricas de pães e doces, museus e cooperativas. No final o participante também recebe um certificado.

Tour Cooking in Portugal (foto divulgação)

Tour Cooking in Portugal (foto divulgação)

Para Adriana Bonilauri, da Portofino, agência oficial do evento, “viagens assim são exclusivas. Uma chance única de conhecer um país pela sua gastronomia aberta a todos, profissionais da área, ou apenas amantes da boa mesa”. Já em sua quinta edição o evento é sucesso e acontece duas vezes ao ano. A iniciativa tem o apoio da ABRASEL- Associação Brasileira de Bares e Restaurantes.

Sobre o Evento de lançamento em Curitiba

Oficina Gastronômica em Curitiba

Data: 31.01.2018

Horário: 19h

O que inclui: jantar aula, com harmonização e todas as explicações sobre o programa em Portugal

Local: Sede Gourmet do Centro Europeu

Mais informações: (41)3324-6669

Sobre o Cooking in Portugal

Viagem para Portugal

Data: 11 a 17 de março de 2018

O que inclui: todo o deslocamento terrestre, cursos, visitas técnicas e culturais, hospedagem, aulas shows, palestras, workshops, alimentação completa com harmonização,  além de certificado de participação.

Mais informações: (41)3022-3055

No Cooking in Portugal

No Cooking in Portugal

(fonte: Assessoria)

Au-Au oferece uma salada diferente a cada dia da semana

22 janeiro, 2018 às 14:27  |  por Simone Meirelles
Salada Asiática do Au-Au (foto divulgação)

Salada Asiática do Au-Au (foto divulgação)

O cardápio de saladas do Au-Au aumentou. A rede apresenta uma seleção de sete novas opções, uma para cada dia da semana, com preço de R$ 19,90 cada. O cliente que preferir também pode acrescentar porção de frango grelhado (R$ 6) ou salmão fatiado, também grelhado (R$ 12). A Salada do Dia foi criada para ampliar as opções mais leves que o Au-Au já oferece, combinando com o verão. As opções vão desde pedidas inspiradas na Ásia até misturas com frutas.
Cada salada é vendida exclusivamente no dia correspondente.
Segunda-feira: Maçã com Amêndoas – Alfaces americana e roxa, rúcula, maçã com casca, queijo gorgonzola, limão, uvas passas, amêndoas em lascas, croutons e molho rosé.
Terça-feira: Fit Salad – Alfaces americana e roxa, rúcula, ervilha, quinoa vermelha, cenoura ralada, repolho roxo, amêndoas em lascas, croutons e molho balsâmico com mel.
Quarta-feira: Oriental – Alfaces americana e roxa, rúcula, cenoura ralada, gergelim negro, arroz vermelho, manga, castanha de caju e molho vinagrete oriental.
Quinta-feira: Avocado – Alfaces americana e roxa, rúcula, tomate, abacate, limão e sal, bacon, brócolis, croutons e molho mostarda e mel.
Sexta-feira: Queijo Coalho com Damasco – Alfaces americana e roxa, rúcula, queijo coalho, geleia de damasco, cenoura ralada, gergelim negro, croutons, castanha de caju e molho balsâmico com mel.
Sábado: Asiática – Alfaces americana e roxa, rúcula, brócolis, cenoura ralada, repolho roxo, uvas passas, gengibre ralado, castanha de caju e molho vinagrete asiático.
Domingo: Melancia com Presunto Parma – Alfaces americana e roxa, rúcula, melancia, queijo branco, presunto de parma, amêndoas em lasca e molho balsâmico com mel.
Salada de queijo coalho com damasco

Salada de queijo coalho com damasco

Todas estas saladas podem ser degustadas mas lojas Central, Cabral, Marechal e dos Shoppings Estação, ParkShopping Barigui, Palladium, Mueller e Polloshop.
As saladas podem ainda ser pedidas no delivery da rede, das 18h às 23h30, pelo telefone (41) 3092-0800 ou no aplicativo AuAu Lanches. Confira também no site www.auau.com.br os endereços do Au-Au.
(fonte: Assessoria)

Festa cervejeira terá 80 torneiras de chope no MON

22 janeiro, 2018 às 12:15  |  por Simone Meirelles
Serão 80 torneiras de chope artesanal (fotos divulgação)

Serão 80 torneiras de chope artesanal (fotos divulgação)

Nada melhor do que aproveitar uma deliciosa tarde de Verão com muita cerveja artesanal, música e gastronomia, tudo isso em um dos principais pontos turísticos de Curitiba: o Museu Oscar Niemeyer (MON). Pensando nisso, a cervejaria paranaense Way Beer vai promover, no próximo sábado, dia 27 de janeiro, o Sunset Session 2018, primeiro grande evento cervejeiro do ano na capital paranaense.

Durante o Sunset Session, a Way Beer vai disponibilizar mais de 80 torneiras de chope, que trarão dezenas de chopes de linha e sazonais, com valores a partir de R$ 8 em copos de 400ml. O evento contará, inclusive, com dois bares temáticos por estilo: um só com IPAs e outro com variedades de cervejas ácidas à base de frutas, conhecidas como Sours. Entre os destaques do dia estarão dois lançamentos: A Sou Feia Mas Tô na Moda #4, que leva manga em sua composição, e uma Sour com amora, morango e lactose.  Além dos lançamentos, as torneiras do evento terão as cervejas Tropical IPA, Bells Beach, Sour Me Not Caju, Brett IPA, Dry Hopped Berliner Weisse, Catarina, Sour Me Not Goiaba, Amburana Lager, Die Fizzy Yellow IPA, American Pale Ale, Witbier, Avelã Porter, Red Ale, Summer 17/18, SAPA #2, Sapa #3 e Half Pilsen.

Como fica o gramado do MON durante a festa

Como fica o gramado do MON durante a festa (foto divulgação)

E para harmonizar com as cervejas artesanais, o Sunset Session contará com várias opções gastronômicas, entre elas sanduíches, comida mexicana, carne assada, cookies, café e sorvetes, que serão preparadas por empreendimentos como La Santa, Pirô na Batatinha, Rio Grande Churrasco, Rock’n Pork, Simples Assim, The Smoking Pit, Cookie Stories e Gelataio. Já a tradicional Cini Bebidas será responsável por oferecer as bebidas não alcoólicas.

Para completar a programação, a festa contará com ações especiais para crianças, que serão coordenadas pelos projetos Pintando na Calçada e Criança na Plateia. A programação musical fica por conta das bandas Dose In Blues, Lenhadores da Antártida e Gringo´s Washboard Band que tocarão muito blues, jazz, folk e rock alternativo.

Parceria Cabify

 A Sunset Session terá uma parceria especial com o aplicativo Cabify. Utilizando o código “SUNSETSESSION”, o público terá 25% (até R$ 10) de desconto em duas corridas com origem ou destino no Museu Oscar Niemeyer das 10h às 21h59. Para novos usuários da plataforma o Cabify oferece, ainda, um desconto de 60% com o Código “SUNSETWAY” (até R$ 10) de desconto em duas corridas entre os dias 27 e 29 de janeiro.

O Sunset Session 2018 será realizado no Museu Oscar Niemeyer (Rua Marechal Hermes, 999 – Centro Cívico), das 12h às 20h, com entrada gratuita e limitada. Mais informação pelo telefone (41) 3653-8853 ou nas redes sociais da cervejaria: Facebook (www.facebook.com/waybeer) e Instagram (www.instagram.com/way_beer).

(fonte: Assessoria)

Serra Gaúcha recebe congresso latino-americano de enoturismo

22 janeiro, 2018 às 10:53  |  por Simone Meirelles
Pisa da Uva está entre as principais atrações do enoturismo na Serra Gaúcha. Crédito foto: Martha Caus/Ibravin

Pisa da Uva está entre as principais atrações do enoturismo na Serra Gaúcha. Crédito foto: Martha Caus/Ibravin

A Serra Gaúcha será sede do 8º Congresso Latino-Americano de Enoturismo, entre os dias 27 e 30 de junho. Com o tema Território, vinho e turismo: harmonização que dá certo, são esperadas mais de 250 pessoas para participar das palestras – que ocorrerão no Hotel e Spa do Vinho, no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves –, das visitas técnicas nos principais roteiros enoturísticos da região e da 3ª edição do Wine Festival, que marca o encerramento oficial do Congresso, com shows, venda de vinhos e sucos em taça e garrafa. O Wine Festival será aberto ao público, na Rua Coberta, próxima à Casa das Artes, também na cidade de Bento Gonçalves.

Está confirmada a apresentação da norte-americana Liz Thach, Master of Wine e professora da Sonoma State University, no Wine Business Institute. Gabriel Fidel, expert em enoturismo,  professor titular da Universidad Nacional de Cuyo, em Mendoza, na Argentina, e presidente da ProMendoza, e Wilson Torres, ex-presidente e atual secretário executivo da Associação de Turismo Enológico do Uruguai (Ateu), também estão entre os palestrantes da 8ª edição do Congresso.

A presidente da Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur), Ivane Fávero, acredita que a realização do Congresso no Brasil será uma ótima oportunidade para aprimorar a oferta enoturística, trocando ideias com os congressistas vindos de países tradicionais na atividade, como Argentina, Uruguai, Chile, Portugal, Estados Unidos, entre outros. “Vamos focar neste novo momento que vivemos, em que o mercado enoturístico está cada vez mais formado por pessoas que são conhecedoras de vinhos, apreciadores da bebida, mas que também buscam experiências únicas. Mais do que comprar vinhos, estas pessoas querem viver a cultura do lugar onde é elaborada a bebida, curtir a paisagem dos territórios que produzem uvas e vinhos”, diz. Ivane, que representa o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) na presidência da Aenotur, acrescenta que o conhecimento do trabalho realizado em outros países vai qualificar e trazer mais competitividade para o enoturismo brasileiro.

A programação do congresso ocorrerá no turno da manhã, com exceção da abertura oficial, que será à noite, no dia 27 de junho (quarta-feira). Para o período da tarde, e durante o sábado, estão programadas as visitas técnico-turísticas para destinos de enoturismo já consolidados da Serra Gaúcha.

As inscrições para o Congresso e para as visitas técnicas estarão disponíveis a partir de março no site do evento: www.congressoenoturismo.com.br

Esta será a quarta vez que o evento é realizado na região. A primeira (2010) e segunda (2012) edições ocorreram em Bento Gonçalves. Já a quarta edição (2014) teve a programação distribuída nos municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi, Flores da Cunha e Caxias do Sul. O Congresso é um evento itinerante e já foi realizado em países da América do Sul como Argentina e Uruguai.

SERVIÇO:

8º Congresso Latino-Americano de Enoturismo

Data: 27 a 30 de junho de 2018

Local: Hotel e Spa do Vinho, Bento Gonçalves – RS, Brasil

Tema: Território, vinho e turismo: harmonização que dá certo

Incrições: no site do evento, a partir de março

(fonte: Assessoria)

Funiculí lança cardápio de pizzas veganas e vegetarianas

22 janeiro, 2018 às 09:27  |  por Simone Meirelles
Pizza do Funiculí (foto divulgação)

Pizza do Funiculí (foto divulgação)

De olho no perfil de seus clientes, o restaurante Funiculí acaba de lançar um cardápio especial com pizzas veganas e vegetarianas.

Os lançamentos estão disponíveis nos tamanhos “individual” e “8 pedaços”. O menu de pizzas veganas conta com quatro opções, que custam R$ 33 (individual) e R$ 49 (8 pedaços): Taormina (molho de tomate, berinjela, alcachofra e tomate cereja), Tropea (molho de tomate, alcachofra, cogumelos Paris, Cebola roxa e tomate cereja), Assisi (Molho de tomate, alcachofra, cogumelo paris e pimentões assados) e Treviso (molho de tomate, abobrinha, berinjela e pinoli).

Já as pizzas vegetarianas, que custam R$ 29 (individual) e R$ 45 (8 pedaços), são encontradas em seis sabores: Padova (molho de tomate, mussarela, espinafre e ricota cremosa), Rimini (molho de tomate, ovo, tomate cereja, cebola roxa e manjericão), Forli (molho de tomate, mussarela, abobrinha, berinjela, tomate cereja e rúcula), Margherita (molho de tomate, mussarela, tomate e manjericão), Quattro Formaggi (molho de tomate, mussarela, gruyere, catupiry original e gorgonzola) e Vegetariana Clássica (molho de tomate, mussarela, berinjela, abobrinha, tomates e rúcula).

O Funiculí fica na Rua Myltho Anselmo da Silva (nº 1438), no bairro Mercês. A casa funciona de terça a domingo, das 19h às 23h30. Além do atendimento no salão, o empreendimento conta com delivery. Mais informações pelo telefone (41) 3079-5477.

(fonte: Assessoria)

 

Aprenda a preparar hambúrguer artesanal

22 janeiro, 2018 às 08:54  |  por Simone Meirelles

 

Hamburgueira (foto divulgação)

Hamburgueira (foto divulgação)

Cozinhar em casa tornou-se um hobby para muita gente e o gosto pelo hambúrguer gourmet também veio para ficar. Algumas dicas e acessórios podem ajudar muito no preparo. Fabricio Brockveld, da Plasvale, uma das maiores empresas de utilidades domésticas do país e que lançou uma forma modeladora de hambúrguer, dá algumas dicas para quem quiser testar o preparo em casa.

Ingredientes:

Carne moída de qualidade (Cortes indicados: acém, peito, fraldinha, coxão duro, costela)

Sal e condimentos a gosto

Modo de preparo:

1. Ao moer a carne, escolha diferentes cortes para misturar e fique atento a quantidade de gordura. O ideal é que 20% seja gordura e o restante carne de boa qualidade. Para não errar, limpe bem a carne e peça para moer a gordura separada, assim fica mais fácil medir quantidade de carne e gordura no preparo da massa. Outra dica, é passar a carne duas vezes no moedor para que ela crie uma textura ideal.

2. Fracione a carne moída em porções de 120g se você prefere ele mais fino ou 180g para que ele fique mais grosso. Atenção: no preparo da carne você não deve utilizar sal ou condimentos para temperar, eles serão adicionados apenas na hora de fritar ou grelhar.

3. Coloque a carne na forma modeladora de Hambúrguer Plasvale e pressione com a prensa para que ele fique bem firme e não desmonte.

4. Desmolde a forma e retire o hambúrguer.

5. Se você não for preparar na hora, utilize papel filme ou papel manteiga para embalar e guardar os hambúrgueres na geladeira.

6. Na hora do preparo, leve o hambúrguer para grelhar e tempere com sal, pimenta e outros condimentos a gosto.

Forma Modeladora de Hambúrguer Plasvale:

Forma Modeladora de Hambúrguer Plasvale – Ref. 1443

Preço a partir de R$ 7,05

www.plasvale.com.br

(fonte: Assessoria)

Dia do Queijo: conheça a história do Queijo de Minas

20 janeiro, 2018 às 08:04  |  por Simone Meirelles
Queijo MInas

Queijo Minas (foto arquivo)

Saudável, delicioso e prático. Poucos alimentos conseguem reunir tantas qualidades. No dia 20 de Janeiro é comemorado o Dia Mundial do Queijo. A data foi criada para celebrar este alimento milenar. Para comemorar esse dia, a Tirolez conta um pouco da história do queijo mais famosos do Brasil: o Minas.

Autenticamente brasileiro, é também um dos mais consumidos pelas famílias brasileiras. Tanto que virou sinônimo de queijo branco. Ninguém sabe ao certo quem foi o inventor dessa delícia, mas a história registra que ele começou a ser produzido no Brasil por volta dos séculos XVIII ou XIX, por imigrantes portugueses que colonizaram o Estado de Minas Gerais e trouxeram para o país uma técnica antiga de produção de queijo com leite fresco e coalho. O queijo Minas também deu início à história da Tirolez: foi fabricando esse queijo que a empresa nasceu, há 37 anos, na cidade de Tiros (MG).

Há basicamente três tipos de queijo Minas, todos feitos com leite de vaca: o Frescal e o Padrão, também conhecido pelo nome de Minas Curado. Como o nome já diz, o Frescal é um queijo fresco e com alta umidade. Para que o consumo seja seguro, deve ser preparado com leite pasteurizado, processo que mata microorganismos nocivos à saúde. Passa pelo processo de coagulação, corte e salga. Por ser um produto delicado e muito fresco, deve ser mantido no refrigerador. Seu prazo médio de validade é de 24 dias após a fabricação.

O queijo Minas Padrão é basicamente o mesmo queijo, porém é pré-prensado com soro (para que não tenha “furinhos” – ou olhaduras mecânicas, como são conhecidos tecnicamente) e maturado (ou curado, como se diz em Minas Gerais), um processo natural que deixa o queijo com um sabor mais acentuado. Esse processo de maturação é feito na embalagem, para não formar casca no queijo. Como há perda de umidade durante a maturação, o Minas Padrão tem uma textura mais sequinha. E há ainda o Minas Meia Cura, mais seco, tem menor tempo de maturação do que o Padrão. O leite dele é padronizado e a prensa é diferenciada dos demais. A coalhada dele também é mais seca. Após a pré-prensagem, acontece a masseração (processo que mistura a massa novamente para gerar olhaduras mecânicas, característica deste tipo de queijo). O Meia Cura é o ingrediente principal do famoso pão de queijo.

Como todo derivado de leite, o Queijo Minas, independentemente do tipo, é fonte de cálcio, mineral fundamental para a saúde dos ossos. Além disso, também contém proteínas, nutriente essencial para a construção dos músculos, e fósforo. Todos podem ser utilizados em sanduíches, na culinária ou acompanhando doces, como goiabada e compotas de frutas.

O queijo Minas é parte da história do Brasil e também da Tirolez, que não se contentou em oferecer aos consumidores apenas as versões tradicionais. A marca foi a primeira a colocar no mercado os cremes de Queijo Minas Frescal, nas versões Tradicional e Light. Para os que amam queijo, mas não podem consumi-lo em função da intolerância à lactose, a Tirolez oferece os queijos Minas Frescal, Minas Padrão Light e Creme de Queijo Minas todos na versão Zero Lactose.

Aproveite o Dia Mundial do Queijo e prepare uma refeição e uma sobremesa à base do mais brasileiro de todos os queijos:

Salada Grega

Salada Grega (foto divulgação)

Salada Grega (foto divulgação)

Ingredientes

Molho:

1 maço de dill (endro)

1 dente de alho (7 g)

Suco de 1 limão (30 ml)

¼ de xícara (chá) de azeite (50 ml)

1 colher (sopa) de sal

Pimenta-do-reino

Salada:

50 g de uvas-passas brancas

10 azeitonas pretas (60 g)

1 bandeja de tomates-cereja (150 g)

1 cebola roxa pequena (100 g)

1 pepino japonês (160 g)

270g de Queijo Minas Frescal Zero Lactose Tirolez (1 embalagem)

Modo de Preparo

- Molho: pique bem o dill e o alho e coloque em uma saladeira. Por cima, esprema o suco do limão. Adicione aos poucos o azeite e bata bem com um garfo ou fouet (batedor de arame) até formar um molho. Tempere com sal e pimenta-do-reino recém-moída e reserve.

- Salada: hidrate as uvas-passas em ¼ de xícara (chá) de água quente (50 ml). Enquanto isso, corte as azeitonas pretas em quatro partes e os tomates-cereja na metade. Corte a cebola roxa e o pepino em fatias bem finas. Por último, corte o Minas Frescal Zero Lactose Tirolez em cubos médios.

Escorra as uvas-passas e coloque todos os ingredientes sobre o molho na seguinte ordem: uvas-passas, azeitonas, tomates, cebola, pepino e Minas Frescal Zero Lactose Tirolez. Envolva a salada no molho minutos antes de servir.

Dicas:

- Para obter uma textura mais macia do pepino, distribua as fatias sobre um pano de prato bem limpo e salpique ½ colher (café) de sal sobre eles.

- Para diminuir o ardor da cebola, deixe-a de molho em água gelada e escorra antes de usá-la.

- O Minas Frescal Zero Lactose Tirolez pode enriquecer muitos tipos de salada, como tomate com manjericão, pepino, saladas de vagem, brócolis, espinafre, alface ou rúcula, ou outras folhas combinadas com frutas como figo e morangos. Para tirar melhor proveito, corte o minas frescal somente quando for preparar a salada, pois uma das características principais desse tipo de queijo é a umidade. Quando cortado e deixado reservado, é natural que solte bastante líquido, o que pode deixar a salada muito úmida.

- As saladas são sempre preparações delicadas. Essa forma de misturar os ingredientes no molho somente na hora de servir faz com que os vegetais permaneçam frescos e crocantes até o momento do consumo. Misturar a salada na saladeira é uma forma de ter uma salada mais saborosa, pois todos os ingredientes vão pegar o tempero da mesma maneira.

Variação: o dill (endro) pode ser encontrado em barracas de temperos de feiras livres, mercados municipais e grandes redes de supermercados. No lugar do dill, você também pode usar outras ervas frescas, como hortelã, manjericão, tomilho ou alecrim picado.

Brioche com Queijo Minas e Geleias

image003

 Ingredientes

1 brioche grande de padaria (500 g)

500g de Queijo Minas Frescal Tirolez (1 embalagem)

Geleia de morango com pimenta:

2 bandejas de morango em cubinhos (400 g)

3 pimentas-dedo-de-moça bem picadinhas, sem semente (36g)

¾ de xícara (chá) de açúcar (135 g)

Geleia de amora com cachaça:

1 pote de geleia de amora (310 g)

½ xícara (chá) de cachaça envelhecida (preferencialmente de alambique) (100 ml)

Geleia de goiaba com hortelã:

4 embalagens de polpa de goiaba (400 g)

1 xícara (chá) de açúcar (180 g)

½ maço de hortelã picado 

Modo de Preparo

- Corte o brioche em fatias grossas (2 cm) e, depois, corte cada fatia em 4 partes (essa será a base do seu canapé). Corte o Queijo Minas Frescal Tirolezem fatias de 1 cm e, em seguida, em quadradinhos um pouco menores que as bases. Disponha um pedaço de queijo sobre cada fatia de brioche e reserve.

- Geleia de morango: leve os ingredientes ao fogo, mexendo constantemente, por cerca de 30 minutos, ou até que a calda esteja em ponto de geleia (coloque um pouco de calda em um pires e pressione uma pequena porção entre o polegar e o indicador. Se, ao separar os dedos, formar uma calda fina, a geleia está no ponto).

- Geleia de amora: leve os ingredientes ao fogo e cozinhe por 10 minutos, ou até ficar novamente em ponto de geleia.

- Geleia de goiaba: leve a polpa e o açúcar ao fogo, mexendo constantemente, por 20 minutos, ou até atingir o ponto de geleia. Adicione a hortelã picada, mexa bem e desligue o fogo.

- Aproximadamente 10 minutos antes de servir, leve as fatias de brioche ao forno pré-aquecido (180 ºC) até que o queijo fique levemente derretido. Retire do forno e sirva em seguida, acompanhadas das geleias.

Sorveteria Dagniaux completa um ano em Curitiba

19 janeiro, 2018 às 16:07  |  por Simone Meirelles
Fachada da Dagniaux (foto divulgação)

Fachada da Dagniaux (foto divulgação)

Este fim de semana é de comemoração na Dagniaux Sorvetes Franceses Artesanais. Há exatamente um ano, a marca abria a sua primeira loja física em Curitiba, um pedacinho da França na capital paranaense.

Ao longo deste primeiro ano de operação com loja própria, os curitibanos puderam conhecer uma nova forma de fazer e de servir sorvetes. Desde a elaboração de cada receita até os bolos e sobremesas preparados com sorvete, todos os produtos da Dagniaux levam ingredientes especiais e frescos, feitos na fábrica da marca na França e trazidos ao Brasil.

Casquinha é um dos produtos

Casquinha é um dos produtos

Todos os produtos seguem a receita original da família, utilizando somente o leite das vacas Holstein, que são alimentadas apenas com linhaça, permitindo assim um teor maior em gordura e mais cremosidade aos sorvetes. “Nossos produtos mantém uma qualidade constante, com as mesmas características dos sorvetes fabricados há 90 anos”, afirma Vincent Van de Velde, sócio-proprietário da marca no Brasil.

Junto ao leite, a empresa utiliza matérias primas nobres, como frutas processadas no seu mais alto teor em açúcar – o que diminui a colocação adicional -, frutas in natura e polpas. Nas receitas da Dagniaux são privilegiados alguns ingredientes, tais como a framboesa vinda da Córsega, o morango de Bourgogne, a manga da Índia, o pistache de Bronte, na Sicília, o chocolate belga, o cacau do Equador e a baunilha de Madagascar.

Dagniaux

Loja Dagniaux em Curitiba (foto divulgação)

Os ‘entremets’, pequenas sobremesas com sorvetes, mousses, frutas e caldas e diferentes formatos, estão entre os produtos mais vendidos. São 11 opções a R$ 16,90 cada, como o Macaron com recheio de framboesa, chocolate, caramelo ou pistache; o Bolchoi, com sorvete de Grand Marnier (uma espécie de licor de laranja) e de tangerina; a Nougat, com sorvete de avelã e amêndoas com coulis de framboesa; e o Merveilleux Speculoos, com uma bolacha belga no formato de tortinha.

Além disso, há também sorvetes vendidos em copinhos ou casquinhas, taças de sabores diversos, bolos e tortas, além de milkshakes, salgados como quiches e croques, e cafés.

Serviço:
Dagniaux Sorvetes Franceses Artesanais
Av. Vicente Machado, 1997, Batel
Horário de atendimento: diariamente, das 12h às 19h30.
41 99946-9976

Mezanino das Artes promove festa para inaugurar jardim

19 janeiro, 2018 às 14:01  |  por Simone Meirelles

26238978_1758633760835136_4264951123144884910_n

O resto bar Mezanino das Artes, localizado no coração do Batel, abre neste sábado (20) o seu jardim secreto para receber pela primeira vez a festa conceito Love Future, que realiza a primeira edição do ano em Curitiba. O espaço externo ao fundo do Mezanino foi revitalizado e ganhou uma ambientação temática com plantas, flores e uma pista de dança ao livre para receber clientes em uma tarde de música, cultura e gastronomia. A festa, que também contará com exposição de peças de design e intervenção de arte, começa às 12h e termina à meia-noite. Os ingressos custam a partir de R$ 25.

Depois da temporada na Praia Brava, em Santa Catarina, a Love Future retornou à capital paranaense para edições no Taj Bar e no Aurora Bar e, agora, apresenta a edição verão urbano inaugurando o jardim de um dos restaurantes mais antigos da cidade. O local escolhido une a proposta da festa em misturar música eletrônica de qualidade, dohouse ao tropical, a diversas formas de arte em um ambiente descolado.

O jardim secreto do resto bar ganhou mais vida com as plantas e um novo espaço aberto com sofás de palets e pufs para relaxar. “Em parceria com o Mezanino, revitalizamos o espaço que antes estava vazio e construímos um novo ambiente, mais vivo e urbano e que combina com as tardes do verão curitibano”, explica a DJ Gabi Lima, uma das artistas que se apresenta nesta edição, ao lado de Haustuff (Radiola Records), Alexandre Albini (House Mag), Chuva Chandra (Taj Bar) e Agatha Prado (Gato Pardo).

A decoração conceito do jardim secreto do Mezanino das Artes foi realizada em parceria com a Yellow, uma das principais escolas de música eletrônica do sul do Brasil, e a Electro-Voice, responsável pelo sistema de som europeu da Love Future deste sábado.

Mezanino das Artes (foto divulgação)

Mezanino das Artes (foto divulgação)

Arte na Love Future 

Durante a festa, o artista multidisciplinar Vitor Zanini será responsável pelas intervenções artísticas, com pinturas, grafites e desenhos. “A integração de diversas artes é uma forma de ambientar o jardim que se complementa com a sonoridade tropical da festa”, garante Gabi Lima. O evento também contará com exposição de peças da loja curitibana Vermelho Mobiliário.

Música e gastronomia 

O Mezanino das Artes preparou também um cardápio promocional para os clientes que chegarem cedo. Das 12h às 15h, o chopp estará com 50% de desconto. Neste período, porção de batata rústica salpicada com Lemon Pepper por R$ 12,50; ceviche por R$ 20; choripan por R$ 17; legumes yellow curry por R$ 18; ceasar salad por R$ 15; classic Burger por R$ 15 e classic burger com chopp por R$ 25.

SERVIÇO

Love Future no Mezanino das Artes

Al. Dr. Carlos de Carvalho, 805 – Batel | (41) 3222-3439

Ingressos a partir de R$ 25 (com nome na lista)

Nomes na lista: https://tinyurl.com/LoveFuture2018

(fonte: Assessoria)