Publicidade
Em São Paulo

Criança é mordida em creche e caso para na polícia

Monitora diz que coleguinha mordeu. Segundo mãe, não foi primeira vez
Criança é mordida em creche e caso para na polícia

 

Uma criança de um ano e quatro meses voltou da creche para casa, na segunda-feira (19), com várias mordidas no rosto. Segundo a Polícia Civil, que agora investiga o caso ocorrido numa creche municipal em São Manuel (SP), as agressões foram profundas e dos dois lados do rosto. Segundo a mãe, essa já é a terceira vez que a filha volta com mordidas no rosto. 

 

As bochechas da menina ficaram com vários hematomas e arranhões. De acordo com a mãe, a monitora que cuida das crianças contou que foi um coleguinha que deu as mordidas.

 

Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher da cidade como abandono de incapaz, já que a mãe da menina suspeita que as crianças ficaram muito tempo sozinhas pela quantidade de mordidas. A delegada vai ouvir agora a diretora da unidade e as monitoras que cuidam das crianças.

 

Em nota, a prefeitura de São Manuel informou que a Diretoria Municipal de Educação lamenta o ocorrido e que vai prestar todo atendimento necessário à menina agredida, bem como orientar os pais e funcionários sobre as ações das crianças.

 

Publicidade