Publicidade
Pendências

Adriano receberá R$ 1,8 mi do Corinthians por rescisão

Atleta exigia R$ 50 milhões. Clube havia depositado R$ 150 mil pela demissão

Adriano está, oficialmente, livre para acertar com outros clubes. Nesta sexta-feira (01), o atacante e o Corinthians chegaram a um acordo em audiência com duração de mais de três horas, no Fórum Trabalhista de São Paulo, na Barra Funda.

O jogador pedia R$ 50 milhões referentes ao fim do vínculo, em junho, incluindo até indenização por danos morais. Já o alvinegro havia depositado apenas R$ 150 mil por tê-lo demitido por justa causa, amparado pelas faltas dele a treinamentos e sessões de fisioterapia no CT Joaquim Grava. Por fim, decidiu-se que o Timão pagaria R$ 1,8 milhão ao Imperador em seis parcelas de R$ 300 mil.

Na última quarta-feira, Adriano anunciou em seu Twitter que inicia na próxima segunda o trabalho de fisioterapia nas instalações do Flamengo, no Ninho do Urubu. O futuro dele no clube que o revelou, porém, ainda é uma incógnita.

Confira a nota oficial do Timão anunciando o acordo

"Em razão de acordo firmado nesta data, perante o Juízo da 89ª Vara do Trabalho de São Paulo, em processo movido pelo Atleta Adriano em face do Sport Club Corinthians Paulista, as partes convencionaram a revisão da justa causa aplicada, rescindindo o contrato de trabalho havido por comum acordo, ficando o Atleta liberado de suas obrigações contratuais a partir de 01º de junho de 2012."

Publicidade