Publicidade
Bloomberg

Eike Batista "perde" R$ 23 bi e despenca no ranking dos mais ricos

Investidor brasileiro sonha em um dia ser o homem mais rico do mundo

O sonho de Eike Batista de destronar o mexicano Carlos Slim e se tornar o homem mais rico do mundo parece cada vez mais distante. Após ocupar a sétima posição no ranking dos bilionários da Bloomberg, o brasileiro despencou e aparece hoje apenas na 14ª posição, com um fortuna avaliada em US$ 23,4 bilhões.

Em março, porém, a fortuna estimada pela Bloomberg era de US$ 34,5 bilhões, ou seja, Eike perdeu US$ 11,1 bilhões (R$ 23 bilhões). Carlos Slim, o homem mais rico do mundo, tem uma fortuna de US$ 69,1 bilhões. Ainda assim, Eike Batista é o brasileiro melhor colocado da lista que engloba 40 bilionários, a frente do investidor Jorge Paulo Lemann, na 39ª posição, com uma fortuna de US$ 15,7 bilhões.

O ranking da Bloomberg é diário e leva em consideração o movimento das ações em posse dos bilionários. Como o mercado acionário é muito volátil, a classificação dos ricaços varia bastante. O levantamento começou a ser feito em março para rivalizar com a lista anual da revista Forbes.

Nesta quarta-feira, as empresas de Eike enfrentam um dia ruim. Informação de uma produção de petróleo menor que a esperada derrubou as ações da OGX em quase 30% na Bovespa.

Publicidade