Elisa Ohtake provoca no festival de Curitiba

30/03/15 às 00:00

Essa é a provocação da diretora Elisa Ohtake, contestadora por natureza, ao apresentar Let's just kiss and say goodbye no Festival de Teatro de Curitiba. A diretora teatral Elisa Ohtake traz sua vitalidade, coragem e ousadia pela primeira vez para o Festival de Teatro de Curitiba neste ano. O performático, provocativo e reflexivo espetáculo Let's just kiss and say goodbye faz parte da Mostra da 24a edição do Festival. O trabalho é resultado da formação de Elisa em teatro e dança, dos mergulhos pela Filosofia e Comunicação e de casa. Elisa tem uma árvore genealógica com nomes de fácil reconhecimento: a mãe atriz Célia Helena, o pai arquiteto Ruy Ohtake, a irmã atriz Ligia Cortez e a avó artista plástica Tomie Ohtake, que morreu recentemente aos 101 anos.

O Let's just kiss and say goodbye foi apresentado em São Paulo antes de vir a Curitiba e o entendimento do público segundo Elisa, tem sido “muito bom para pessoas que prezam concepções de teatro abertas, explodidas, performáticas, bem como novos jeitos de se pensar a dramaturgia”.

Elisa anda ocupada. Seu espetáculo Tira Meu Folego ganhou o prêmio da Associação Paulista de Críticos de Artes de melhor espetáculo de dança em dezembro de 2014 e o grupo está circulando pelo país. Além disso, o ator Pedro Granato a convidou para dirigir um monólogo. “Aceitei na hora, pois adoro e admiro o Pedro”, conta.

SERVIÇO:
O que: Let's just kiss and say goodbye
Quando: 31 de março e 1 de abril
Onde: Teatro Bom Jesus

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Últimas de Festival de Curitiba
Blogs
Ver na versão Desktop