Paraná e Atlético-MG terão força máxima na semifinal

31/08/17 às 16:04 - Atualizado às 16:25 Silvio Rauth Filho
Lisca: aval para escalar todos os titulares disponíveis (foto: Geraldo Bubniak)

Paraná Clube e Atlético Mineiro confirmaram que usarão força máxima na semifinal da Primeira Liga, que será disputada neste sábado (dia 2), em Belo Horizonte (MG). A fase é em partida única. O Galo tem o mando de campo por ter conquistado melhor campanha na primeira fase.

No Paraná, o técnico Lisca ganhou o aval do presidente Leonardo de Oliveira e do diretor de futebol Rodrigo Pastana para escalar os principais titulares. O time volta a jogar pela Série B na quarta-feira (dia 6), em Goiânia, e o desgaste físico poderia ser considerado um obstáculo pelo clube.

As únicas dúvidas são os pontas Minho e Robson. Ambos deixaram o jogo com o Flamengo, na quarta-feira (dia 30) lesionados. As opções para essas posições são Vinícius Kiss e Vitor Feijão.

No último jogo, Lisca usou o esquema tático 4-1-4-1, com Renatinho e Gabriel Dias como meia centralizados. Leandro Vilela foi o único volante. Robson e Minho atuaram pelos lados do campo. Quando saíram machucados, Vitor Feijão e Vinícius Kiss entraram nessas funções. Renatinho também foi utilizado parte da partida nessa posição, como “extremo”, pelo lado do campo. O meia João Pedro também já foi utilizado nessa função.

Nas partidas anteriores, Lisca adotou o 4-2-3-1, com dois volantes, um meia ofensivo centralizado (Renatinho) e dois velocistas pelos lados (Robson e Minho).

A provável escalação para sábado é Richard; Cristovam, Maidana, Brock e Igor; Leandro Vilela, Gabriel Dias, Renatinho, Vinicius Kiss (Robson) e Vitor Feijão (Minho); Alemão.

O Atlético-MG também confirmou que usará força máxima, ao contrário das quartas de final, quando poupou o goleiro Victor, o zagueiro Leonardo Silva, o lateral-esquerdo Fábio Santos, o volante/meia Elias, o volante Adílson, o atacante Luan e o centroavante Rafael Moura.

O técnico Rogério Micale, porém, não divulgou a escalação. “Nós temos pouco tempo para pensar. O que posso assegurar é que vamos com força máxima. Viemos para Porto Alegre com o que tínhamos de força máxima, tínhamos jogadores que precisavam recuperar e ainda vamos avaliar tudo. Vamos com nosso melhor para lá”, disse o treinador. Os desfalques confirmados são Otero (com a seleção do Venezuela) e Cazares (seleção do Equador).

 

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop