Goleiro explica 'jogo de xadrez' do técnico do Atlético

02/02/18 às 20:18 - Atualizado às 20:18 Silvio Rauth Filho
Felipe Alves (foto: Reprodução/Youtube)

O goleiro Felipe Alves, 29 anos, explicou uma das caraterísticas mais marcantes do trabalho de Fernando Diniz, coordenador técnico geral do Atlético Paranaense e treinador da equipe principal. Por todos os clubes que passou, Diniz ficou marcado por times com muita qualidade no passe e na saída de bola.

Felipe Alves já trabalhou em outras seis ocasiões com Diniz e conta como funciona esse sistema. “No sistema de saída de bola, a ideia fazer com que o adversário ache que a gente vai jogar curto, daí a gente jogo longo. Quando acham que a gente vai jogar longo, a gente joga curto. É meio que um jogo de xadrez. Todo é muito bem treinado, bem trabalhado, para ter essa faicilidade de sair jogando”, afirmou o goleiro, para o site oficial do Atlético-PR>

O jogador ganhou o rótulo de “goleiro-líbero”, pela qualidade no jogo com os pés. “Jogo como líbero, um pouco mais adiantado que o normal, e procuro orientar da melhor maneira possível (a defesa)”, declarou.

Sobre Diniz, Felipe Alves fez elogios. “Eu sou suspeito para falar. Já trabalhamos juntos em outras equipes e ele tenta fazer com que todos os atletas tenham um só pensamento. A ideia é ocupar bastante os espaços do campo, fazendo com que tenhamos mais jogadores perto da bola”, explicou. “Tentamos orientar para que a bola chegue o mínimo possível no gol. E na saída de bola, precisamos ter várias opções bem treinadas, para sairmos jogando”, completou.

FELIPE ALVES
Nome completo: Felipe Alves Raymundo
Posição: Goleiro
Data de nascimento: 21 de maio de 1988 [29 anos]
Local de nascimento: São Paulo (SP)
Clubes em que atuou: Paulista (SP), Vitória (BA), Atlético Sorocaba (SP), Audax (SP), Guaratinguetá (SP), Paraná Clube (PR) e Oeste (SP)

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop