Publicidade
Em condomínio

Polícia prende quadrilha chefiada por detento de Piraquara. Veja vídeos

Polícia prende quadrilha chefiada por detento de Piraquara. Veja vídeos
(Foto: Divulgação Polícia Civil)

A Operação Benção Tio, deflagrada nesta quinta-feira (9) no Condomínio Serra do Mar I e II, em São José dos Pinhais, terminou com oito pessoas presas e dois adolescentes apreendidos. Os detidos são apontados como integrantes de uma quadrilha responsável pelo tráfico de drogas no local e suspeitos de cometer mais de 10 homicídios na região. Além dos oito presos hoje, outras seis pessoas alvo da operação já estão no sistema prisional. Uma delas, segundo as investigações comandava a quadrilha de dentro da Penintenciária Central de Piraquara, na Região Metropolitana de Curittiba. 

Os mais de 100 policiais envolvidos na ação apreenderam ainda drogas, três balanças de precisão, armas, 170 munições de diferentes calibres, algemas, rádios comunicadores com a frequência da polícia, documentos, celulares e computadores. A operação foi realizada em um  conjunto habitacional, que coleciona casos de homicídios e tráfico de drogas, é o cenário da “Operação Benção Tio”, deflagrada em conjunto pela Polícia Civil e Militar com o apoio do helicóptero do Grupamento de Operação Aérea (GOA). 

A ação policial tinha como objetivo prender uma quadrilha extremamente perigosa envolvida com tráfico e assassinatos dentro e fora do condomínio. 

A investigação levou dois anos e comprovou que esta organização criminosa comandava o Serra do Mar I e II a ponto de expulsar moradores que ficassem inadimplentes com o pagamento de taxas condominiais e de luz e água. A suspeita é de que parte destes recursos abastecia as atividades criminosas da quadrilha. E qualquer ação de um morador que contrariasse os interesses da quadrilha geralmente resultava em morte. 

Paulo Monteiro, conhecido como “Tio”, responde a mais de 10 homicídios é o chefe desta organização criminosa. Preso na Penitenciária Estadual de Piraquara II, condenado a mais de 80 anos de prisão em regime fechado e membro de uma facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios do país, era ele quem ditava as regras no Condomínio Serra do Mar I e II. Para vender drogas, o “Tio” precisava autorizar. Os assassinatos de moradores e frequentadores do conjunto habitacional também tinham o aval do “Tio” – através de contatos feitos sempre por telefone. Esta liderança deu nome à operação “Benção Tio”. 

No último dia 27, policiais civis com apoio de agentes penitenciários do Departamento Penitenciário cumpriram um mandado de busca e apreensão na cela de Paulo Monteiro na PEP II. Lá encontraram um aparelho celular e dois chips usados na comunicação com os demais integrantes da quadrilha.  
  
CONDOMÍNIO

Os residenciais Serra do Mar I e II integram um programa que beneficiou diversas famílias de baixa renda e que moravam em áreas de risco. O empreendimento foi devidamente entregue aos beneficiários no ano de 2012 através do programa “Minha Casa Minha Vida”, sendo o ambiente composto por 594 moradias, entre casas térreas adaptadas para portadores de necessidades especiais e apartamentos. 

Participam da operação policiais civis da Delegacia de São José dos Pinhais, do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE), unidade de elite da Polícia Civil, Denarc (Divisão de Narcóticos), Canil da Denarc, e policiais militares do 17 Batalhão da Polícia Militar. 

 

DESTAQUES DOS EDITORES