Publicidade
Cuidado extra

A partir desta semana, lixo reciclável de Curitiba também fica em 'quarentena'

(Foto: Daniel Castellano / SMCS)

Numa medida preventiva com o intuito de proteger a saúde dos catadores de lixo, a partir desta semana o lixo de Curitiba também ficará em quarentena. Segundo a Prefeitura, todo o material recolhido do Lixo Que Não É Lixo (coleta seletiva) ficará 24 horas isolado antes de ser separado para venda pelas associações de catadores do Ecocidadão.

A iniciativa segue orientação do Departamento de Limpeza Público da Secretaria do Meio Ambiente e tem como base informações sobre o tempo de sobrevivência do novo coronavírus fora do corpo humano. Estima-se que o vírus pode sobreviver por cerca de 12 horas em materiais como os resíduos recicláveis. A recomendação do Meio Ambiente é que se aguarde um dia para fazer a separação do material recebido.

Os cidadãos, com algumas atitudes simples, também podem contribuir para com os trabalhadores da área de limpeza. Uma iniciativa, por exemplo, é cuidar para remover restos de alimentos em embalagens e tomar cuidado com materiais perfuro-cortantes, a fim de evitar acidentes. O vidro quebrado deve ser colocado em caixas ou embalagem de leite e ser bem vedado.

Outro ponto a se tomar cuidado é que máscaras, luvas e lenços de papel não são recicláveis e devem, por isso, ser descartados junto com o lixo do banheiro, na coleta domiciliar. 

Pessoas com diagnóstico ou suspeita de contaminação pelo novo coronavírus devem apresentar todos os seus resíduos para a coleta domiciliar. Vale, novamente, a orientação de usar sacos preenchidos em até dois terços da sua capacidade e reembalar em sacos pretos limpos.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES