Publicidade
Raro

Acusados de tentativa de homicídio vão a novo júri popular na Justiça Federal do Paraná

(Foto: Reprodução)

Três homens acusados de tentativa de homicídio qualificado irão a julgamento na próxima segunda-feira (24), na Justiça Federal do Paraná. O caso já havia sido julgado em fevereiro de 2018 por júri popular, que decidiu pela condenação dos réus. O processo, no entanto, foi anulado porque um dos jurados teria antecipado seu voto antes do momento adequado, fato que motivou a necessidade de um novo julgamento. O Tribunal do Júri acontecerá no auditório da Sede Ahú da JFPR de Curitiba, no dia 24 de junho, a partir das 9h, e será presidido pelo juiz federal Leandro Cadenas Prado.

Relembre o caso

Os réus Marcos Oreio Mauda, Luiz Ignacio Pina Jana e Valdomiro Ozebe dos Santos foram denunciados no ano de 2014 pelo Ministério Público Federal, que atribuiu a eles a prática de diversos crimes: dois roubos qualificados, dois homicídios qualificados na forma tentada e adulteração de sinal de veículo automotor, individualizando as autorias e as participações de cada um. A competência do Tribunal do Júri Federal se deu pela tentativa de homicídio, ocorrida na noite de 26 de abril de 2011, de dois policiais rodoviários federais: Fernando Moraes Costa e Kaio Simões, realizada nas imediações do posto da PRF em Mandirituba (PR).

Segundo a acusação, durante abordagem de rotina da Polícia Rodoviária Federal, os réus teriam atentado por duas vezes contra a vida dos agentes federais. A primeira ao tentar atropelar o policial para escaparem da abordagem e, a segunda, quando atiraram contra a viatura da PRF durante perseguição policial.

Marcos Orélio Mauda, Valdomiro Ozebe dos Santos e Luiz Ignario Jana Pino foram acusados pela prática, em tese, dos crimes previstos nos artigos 121, §2º, V; 157,§2º, I e II e 311, todos do Código Penal.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES