Mercado da bola

Alemão pede para deixar o Paraná Clube, mas Inter não aceita devolução

"O lateral Alem\u00e3o: emprestado pelo Internacional"
"O lateral Alem\u00e3o: emprestado pelo Internacional" (Foto: Geraldo Bubniak)

O lateral-direito Alemão, 28 anos, vive um impasse. O jogador pediu para deixar o Paraná Clube, alegando questões internas. Ele está emprestado pelo Internacional até dezembro de 2018. Nesse período, é a equipe paranaense que paga o salário do jogador. O clube gaúcho tem vínculo com o atleta até janeiro de 2020, mas avisou que não quer o retorno dele.

Com isso, Alemão ficará treinando no Paraná em grupo separado até que encontre um novo clube. 

O presidente do Paraná, Leonardo de Oliveira, pediu que o jogador resolva rápido a situação. “Ele foi transparente, disse que não tem mais o desejo de jogar pelo Paraná. Espero também que o empresário e o próprio Alemão sejam rápidos para uma solução desse problema porque o Paraná não vai ficar sustentando jogador que não quer ficar. Ele é pago para jogar. Se não quer jogar, que ele tome o seu rumo o mais rápido possível”, afirmou o dirigente, em entrevista coletiva. “Agradeço pelo que fez, nos deu um gol da classificação na Copa do Brasil, sempre trabalhou e foi correto. Não deseja permanecer aqui. Se tiver mais alguém com essa vontade, que faça o mesmo que ele fez. Agradeço pela posição correta que ele teve de manifestar o seu desejo e se afastar do grupo”, comentou.

O técnico Rogério Micale confessou que ficou surpreso com o pedido do jogador. “Não esperava isso. Eu banquei o Alemão em alguns jogos. Eu acreditava que todo jogador tem todo o direto de errar, como todos nós erramos. Quando existe uma sequência de erros, é preciso ver o todo. Dei a chance para o Júnior, que a segurou. Nada mais justo do que permanecer. Causou estranheza a decisão”, comentou o treinador, em entrevista coletiva.

Alemão chegou ao Paraná no início de 2018. Foi titular até a sexta rodada do Brasileirão, quando perdeu a posição para Junior. 

A decisão do jogador pode ter relação com boatos sobre o retorno do lateral-direito Cristovam, 27 anos. Ele está no Suwom Bluewing, da Coréia do Sul, desde o início do ano. Em 2017, foi um dos destaques do Paraná na campanha da Série B.

O presidente do Paraná afirmou na segunda-feira que o clube está contratando dois reforços, mas não revelou os nomes.