Publicidade
Luto

Aliança Nacional LGBTI+ pede apuração da polícia sobre assassinato de ativista em Curitiba

(Foto: Facebook)

A Aliança Nacional LGBTI+ emitiu nota neste domingo (13) pedindo uma investigação minunciosa sobre a morte do ativista da causa LGBTI+, Léo Antonio Michels Ostrovski, 34 anos. Ele foi assassinado com arma de fogo no Centro de Curitiba na última sexta (11). O velório e o enterro do corpo de Ostrovski aconteceu neste domingo em Foz de Iguaçu, na Capela do Cemitério São João Batista.

Segundo a nota, ele era um ativista envolvido na causa LGBTI+ e foi um dos principais articuladores da Aliança Nacional com o ambiente corporativo. Ostrovskifundou alguns grupos de encontros de aliados na capital do Paraná, permitindo que empresas se conectem para promover ambientes de trabalho seguros e inclusivos onde todos possam trazer seu potencial por completo. 

SAIBA MAIS NO BLOG PLANTÃO DE POLÍCIA

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES