Publicidade
Luto

Aos 85 anos, morre em Curitiba o jornalista Ayrton Luiz Baptista

(Foto: Reprodução/Facebook/Ayrton Baptista Junior)

Morreu em Curitiba, neste sábado (23), o jornalista Ayrton Luiz Baptista, de 85 anos, vítima de câncer no pulmão.

Curitibano, nascido em 1933, Ayrton foi presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná por três mandatos (1970/ 1979) e da Federação Nacional dos Jornalistas (1977/1980).

Na Universidade Federal do Paraná (UFPR), atuou como professor do curso de Comunicação Social-Jornalismo. No governo do Paraná, ocupou o cargo de Secretário de Imprensa nos governos Haroldo Leon Peres (1971) e Pedro Viriato Parigot de Souza (1971/1973).

Inciou a carreira em 1955 no Diário do Paraná, onde ocupou várias funções, incluindo a de secretário de redação. Como colunista político, escreveu para diversos veículos paranaenses, como Tribuna do Paraná, Diário Indústria e Comércio, O Paraná (Cascavel), Umuarama Ilustrado, Diário do Noroeste (Paranavai), Metrópole (São José dos Pinhais), Tribuna do Norte (Apucarana), Tribuna do Vale (Santo Antônio da Platina) e Paraná Shop, entre outros.

O jornalista também comandou a AB Comunicação, escritório de assessoria de imprensa que distribuiu o AB Noticias, boletim que valorizou vários aspectos da vida paranaense, como administração, cidadania e cultura.

Parte da história do jornalista está contada na biografia "Quase Só Jornal", lançada em 2009.

Deixa mulher, três filhos e três netos. O velório acontece no Salão Ecumênico da Assembleia Legislativa do Paraná, neste domingo, a partir de 9 horas. Sepultamento às 17 horas no Cemitério Parque Iguaçu.

(Com informações de Ayrton Baptista Filho)

DESTAQUES DOS EDITORES