Publicidade
Medidas

Após fake news sobre sequestro, UFPR reforça segurança com câmeras e alarmes

(Foto: César Brustolin/SMCS)

Após mobilizar a segurança interna e a polícia durante 24 horas para investigar um susposto sequestro de uma mulher no Departamento de Educação Física, no campus Botânico, que era uma `fake news',  a Universidade Federal do Paraná (UFPR) anunciou nesta sexta (22) reforço na segurança nos campi. Entre as medidas, estão a instalação de mais câmeras e alarmes para otimizar os vigilantes, além de ampliação da área vigiada. A entidade também pediu, em nota, que os alunos, professores e colaboradores registrem formalmente as possíveis ocorrências para evitar que fake news amedrontem a comunidade acadêmica e mobilizem a equipe de segurança sem necessidade. 

SAIBA TODOS OS DETALHES NO BARULHO CURITIBA

DESTAQUES DOS EDITORES