Publicidade
Cultura

Ariana Grande diz que 2018 foi o melhor ano da carreira e o pior da vida

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ariana Grande, 25, subiu aos palcos do evento Billboard's Women in Music, na noite desta quinta-feira (6), para ser presenteada com o prêmio de "Mulher do Ano".

Porém, ao fazer seu discurso de agradecimento, a cantora deixou escapar algumas lágrimas ao dizer que este foi um ano difícil, inclusive pela morte de seu ex-namorado, Mac Miller, e o fim do romance com Pete Davidson, com o qual iria se casar.

"Acho que foi um dos melhores anos da minha carreira e o pior da minha vida", disse. "Eu não estou dizendo isso por simpatia, mas porque acho que muitas pessoas olham para outras que estão na minha mesma posição agora e pensam: 'Ela realmente tem tudo'."

A cantora continuou: "Sim, eu tenho [tudo], mas no que diz respeito à minha vida pessoal, eu realmente não tenho ideia do que eu estou fazendo, tem sido muito conflitante."

DESTAQUES DOS EDITORES