Publicidade
Atividades

Artesanato do PR é destaque; Curitiba é a 3ª cidade com mais artesãos

Mais do que uma paixão, para muita gente o artesanato é uma forma de sustento, um ganha pão. Hoje, existem cerca de 8,5 milhões de artesãos em todo o Brasil, com o setor movimentando mais de R$ 50 bilhões por ano. O Paraná é um dos estados com maior presença no cenário nacional, aparecendo em quinto no ranking de atividades artesanais mais significativas (mais importantes em termos de produção).

Além disso, no Elo 7, maior site brasileiro de compra e venda de artesanato, os micro-empreendedores paranaenses já são o quarto em maior número, sendo Curitiba a terceira cidade do país com mais artesãos cadastrados.

Em geral, os negócios envolvendo artesanato têm um pé na realização pessoal. Em sua maioria, os artesãos se tornam empreendedores de si mesmos para alcançar o sucesso. Com a internet, as possibilidades se tornaram ainda mais favoráveis, uma vez que ficou mais fácil divulgar os trabalhos e alcançar o público-alvo, superando as barreiras e diminuindo a distância. Não à toa, grande parte dos micro-empreendedores apostam no online como grande trunfo para alcançar o sucesso.

Em Curitiba, um dos símbolos dessa nova era é a empresa Artesanato Kaminski, localizada no Umbará (Estrada do Ganchinho, 2673). O negócio já está na terceira geração da família, que leva adiante a arte de modelar a argila como um modo de viver. Hoje, mais da metade das vendas são feitas pela internet, por meio do site da própria empresa (http://www.artesanatokaminski.com.br).

Vendemos muito pela internet. Até os clientes que antes vinham até aqui agora só pegam pelo catálogo online e fazem o pedido. É bem mais cômodo, já que eles até recebem em casa o produto, explica o sócio-proprietário, Ronaldo João Kaminski.

Outra empresa que trabalha com artesanato e que alcançou o sucesso com a ajuda da internet foi a Sollo Mimo, especializada em enxovais e produtos para bebê. A empresa foi fundada há cerca de 10 anos por Krystyane Aparecida Maran Zarate, pouco após sua filha Gabriela nascer. Além das lojas físicas e do site próprio, atualmente a empresa também realiza suas vendas por meio do Elo7, onde acumula 1,3 milhão de visualizações desde 2010. De acordo com Krystyane, somente neste mês 56% das vendas foram realizadas pela internet.

Arte
Artesãos no Paraná*
92%
mulheres
8%
homens
39
Idade média
Categorias mais vendidas*
Aniversário e festas
Lembrancinhas
Bebê
Casamento
Decoração

*Dados fornecidos pela Elo7

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES