Publicidade
Pré-temporada

Aspirantes do Athletico começam 2019 com velhos conhecidos

Felipe Gedoz
Felipe Gedoz (Foto: Geraldo Bubniak)

O Athletico Paranaense vai disputar o Campeonato Paranaense de 2019 com o elenco de aspirantes, comandado pelo técnico Rafael Guanaes. O time estreia em 19 de janeiro, contra o Cascavel CR, na Arena da Baixada. O elenco principal, do técnico Tiago Nunes, só volta das férias em 16 de janeiro e tem o primeiro jogo oficial marcado para 5 de março, quando enfrenta o Tolima, pela Copa Libertadores.

A base do elenco de aspirantes é formada por jogadores sub-20 e por atletas formados no clube acima desse limite de idade. No entanto, o técnico Rafael Guanaes começará o ano com alguns velhos conhecidos. Fazem parte dessa lista o goleiro Léo (27 anos, ex-São Paulo), o zagueiro Zé Ivaldo (21), o lateral-esquerdo Nicolas (21 anos), os meias Matheus Anjos (19), João Pedro (21) e Felipe Gedoz (24) e o atacante Bergson (27).

Zé Ivaldo e Bergson fizeram parte do elenco principal em 2018. Como tiveram uma temporada irregular, a ideia é usar o time de aspirantes para recuperar a melhor forma dos dois.

Felipe Gedoz foi comprado por R$ 5 milhões em 2017 e, como não se adaptou ao clube, acabou emprestado ao Goiás no ano passado. A ideia é que o jogador recupere a forma durante o Campeonato Paranaense para ser negociado para outro clube. O CSA teria demonstrado interesse na contratação do atleta. Outra possibilidade é Gedoz ser integrado ao elenco principal, conforme o desempenho dentro e o profissionalismo no dia a dia.

Léo foi formado no São Paulo e ficou no clube paulista até 2017, quando foi contratado pelo Paraná Clube. Teve bom desempenho pelo clube da Vila Capanema e acabou adquirido pelo Athletico em julho de 2017. Só disputou duas partidas pelo Furacão. Em 2018, foi emprestado ao Atlético-GO, mas só atuou em dois jogos.

Nicolas foi formado na base do Athletico e subiu ao profissional em 2016. Soma 41 jogos pelo time principal do Furacão. Em 2018, disputou a Série B pela Ponte Preta, por empréstimo. Os histórico dos meias Matheus Anjos e João Pedro é semelhante. Ambos surgiram na base, disputaram algumas partidas no time principal e, em seguida, foram emprestados. Matheus Anjos estava no Guarani em 2018. João Pedro disputou o Brasileirão pelo Botafogo.

DESTAQUES DOS EDITORES