Publicidade
Taça Caio Junior

Aspirantes do Atlético goleiam e lideram tudo no Paranaense

Aspirantes do Atlético goleiam e lideram tudo no Paranaense

O Atlético Paranaense venceu por 7 a 1 o Rio Branco, nesse sábado (dia 10) à tarde, na Arena da Baixada, pela 3ª rodada da Taça Caio Junior (o 2º turno do Campeonato Paranaense). Com o resultado, o time da capital lidera o Grupo B, com 9 pontos. A equipe do Litoral está em último lugar no mesmo Grupo B, sem nenhum ponto. Os dois primeiros de cada grupo se classificam para as semifinais da Taça.

Clique aqui para ver a classificação da Taça Caio Junior no site Srgoool. E clique aqui para ver a classificação geral.

Além de estar no topo do Grupo B, o Atlético é o melhor na classificação geral, tem o melhor ataque da competição, a melhor defesa e o artilheiro. O clube só usou a equipe de aspirantes na competição até agora e é "líder de tudo".

Na classificação geral (soma dos dois turnos), o Furacão segue com a melhor campanha, com 7 vitórias, 3 empates e nenhuma derrota. Também é a equipe com mais gols marcados (17) e com menos gols sofridos (3).

Clique aqui para ver a galeria de fotos do jogo.

O Rio Branco reestreou o técnico Itamar Bernardes, vice-campeão paranaense de 2003 com o Paranavaí. Ele substitui Maurílio, demitido após derrota na última rodada.

ARTILHEIROS
O centroavante Ederson marcou um gol na partida e assumiu a artilharia do Campeonato Paranaense, com cinco gols em 10 jogos, empatado com Bruno Batata (ex-Coritiba), do Maringá. O meia João Pedro fez dois gols contra o Rio Branco e é o vice-artilheiro da competição, com quatro gols em nove jogos.

Prata-da-casa, Ederson chegou a 37 gols em 97 jogos com a camisa do Atlético.

ESCALAÇÃO
O técnico do time de aspirantes do Atlético, Tiago Nunes, repetiu a escalação da última rodada, mantendo dois veteranos no banco: o zagueiro Emerson e o volante Pierre. O esquema tático foi o 4-2-3-1 de sempre.

PRIMEIRO TEMPO
O Atlético começou com postura avançada e marcando forte a saída de bola do adversário. O Rio Branco sentiu a pressão e levou um baile no primeiro tempo. Aos 11, em cobrança de falta, Matheus Anjos rolou para João Pedro, que chutou no ângulo: 1 a 0. Aos 17, após boa jogada de Ederson e Matheus Anjos, João Pedro passou pelo zagueiro na área e chutou cruzado: 2 a 0. Aos 33, João Pedro saiu lesionado. Entrou o meia-atacante Alex Apolinário (emprestado pelo Cruzeiro). Aos 38, Alex Apolinário fez a jogada para Ederson, que entrou na área e tocou na saída do goleiro: 3 a 0. O Rio Branco diminuiu para 3 a 1, em finalização de Tcharlles.

SEGUNDO TEMPO
O ritmo foi menos intenso no segundo tempo. O Atlético seguiu com domínio da partida. Aos 17, saiu Ederson e entrou o ponta Demethryus. Aos 19, o Rio Branco teve um jogador expulso. O zagueiro Willian levou o segundo amarelo na partida e ganhou o vermelho. O time da capital fez 4 a 1 aos 21. Diego cruzou rasteiro e Bruno Guimarães chutou no canto. Aos 27, o quinto gol. Matheus Anjos cruzou e Léo Pereira cabeceou no canto. Aos 30, saiu o lateral Diego e entrou o ponta Vitor Naum. Aos 33, Bruno Guimarães fez a jogada para Nicolas, que chutou cruzado e anotou 6 a 1 no placar. Aos 42, o goleiro fez lambança na defesa e Alex Apolinário aproveitou, fazendo 7 a 1.

ATLÉTICO 7 x 1 RIO BRANCO
Atlético: Caio; Diego (Vitor Naum), Daniel, Léo Pereira e Nicolas; Deivid e Bruno Guimarães; João Pedro, Matheus Anjos e Marcinho; Ederson (Demethryus). Técnico: Tiago Nunes
Rio Branco: Jhones; Raul, Willian, Victor e Emerson; Kessi, Marcelinho (Valdanes) e Camargo; Tcharlles, Rodrigo Jesus (Tiagão) e Vandinho. Técnico: Itamar Bernardes
Gols: João Pedro (11-1º e 17-2º), Ederson (38-1º), Tcharlles (40-1º), Bruno Guimarães (21-2º), Léo Pereira (27-2º), Nicolas (33-2º) e Alex Apolinário (42-2º)
Expulsão: Willian (19-2º)
Cartões amarelos: Deivid, Nicolas, Vitor Naum (A). Willian, Tcharlles, Vandinho, Damião, Victor (RB).
Árbitro: João Paulo Romano Queiroz
Local: Arena da Baixada

 

DESTAQUES DOS EDITORES