Publicidade
Brasileirão

Athletico escala reservas e Tiago Nunes sofre a primeira derrota na Arena em 2019

Bruno Nazário, do Athletico, e Pedrinho, do Corinthians, disputam lance
Bruno Nazário, do Athletico, e Pedrinho, do Corinthians, disputam lance (Foto: Valquir Aureliano)

O Athletico Paranaense perdeu por 2 a 0 para o Corinthians, nesse domingo (dia 19) à tarde, na Arena da Baixada, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense ficou em 10º lugar, com 7 pontos. A equipe paulista está na 8ª posição, com 8 pontos. Clique aqui para ver a classificação, no site Srgoool.

Essa foi a primeira derrota do técnico Tiago Nunes na Arena da Baixada em 2019. Antes, ele somou cinco vitórias nos cinco jogos em casa desse ano. A última derrota como mandante com ele no comando havia ocorrido em 31 de outubro de 2018 (1 a 0 para o Bahia, pela Copa Sul-Americana).

O Corinthians estava há três jogos sem vencer. Como visitante, a equipe paulista estava há seis partidas sem vencer.

ARBITRAGEM
O Athletico pediu pênalti por toque de mão no 1º tempo. O lance foi verificado pelo VAR. A imagem da TV deixa claro que não houve toque irregular. Dois gols do Athletico foram anulados pela arbitragem por impedimento. O VAR também verificou e confirmou. A imagem da TV mostra que os bandeirinhas estavam certos nesses dois lances.

TÉCNICO
Tiago Nunes soma agora 26 vitórias, 11 empates e 12 derrotas no comando do time principal do Atlético.

ESCALAÇÕES
O técnico Tiago Nunes decidiu poupar todos os titulares e escalou apenas reservas na partida. Na quarta-feira, o time enfrenta o River Plate, na Arena, no jogo de ida da Recopa Sul-Americana. O esquema tático foi o 4-2-3-1, com Cirino (direita), Romero (esquerda) e Tomás (centro) na linha de três do setor ofensivo. Thonny Anderson (ex-Grêmio) era o centroavante. O Corinthians tinha força máxima - a única baixa era Clayson.

PRIMEIRO TEMPO
Mesmo com reservas, o Athletico teve domínio e chegou a finalizar dez vezes no primeiro tempo. No entanto, foi mal na pontaria e Cássio não foi exigido. Já o Corinthians ficou recuado e esperou uma falha para atacar. E ela aconteceu aos 13 minutos. Jadson cruzou, Márcio Azevedo falhou e Vagner Love ficou livre para cabecear no canto. Depois disso, o time paulista só incomodou em mais um lance.

Aos 48, a primeira substitução no Athletico. Saiu o zagueiro Robson Bambu, lesionado, e entrou o lateral-direito Khellven. Com isso, Madson virou zagueiro.

Aos 49, gol anulado do Athletico. Braian Romero chutou na trave. Impedido, Thonny Anderson pegou o rebote e marcou. A imagem da TV mostra que a arbitragem acertou.

SEGUNDO TEMPO
O segundo tempo começou com o Corinthians recuado e sem conseguir contra-atacar. O Athletico manteve o domínio e pressionou. Até chegou a marcar um gol, mas foi anulado por impedimento, aos 14. A imagem da TV mostra que a decisão da arbitragem foi correta. Aos 17, a segunda troca no Athletico. Saiu o meia Tomás Andrade e entrou o ponta Vitinho. Com isso, Vitinho ficou na ponta e Cirino virou centroavante.

ESTATÍSTICAS
Em 90 minutos, o Athletico teve 60% de posse de bola, somou 23 finalizações (5 certas), 89% de eficiência nos passes e 11 escanteios. O Corinthians arrematou 4 vezes (2 certas) e teve 40% de posse de bola, 81% de eficiência nos passes e 3 escanteios. Os dados são do Sofascore.

ATHLETICO 0 x 2 CORINTHIANS
Athletico: Caio; Madson, Lucas Halter, Robson Bambu (Khellven) e Márcio Azevedo; Rossetto e Léo Cittadini; Marcelo Cirino, Tomás Andrade (Vitinho) e Braian Romero; Thonny Anderson (Bruno Nazário). Técnico: Tiago Nunes
Corinthians: Cássio; Fágner, Henrique, Manoel e Danilo Avelar; Ralf, Urso, Ramiro (Richard), Jádson (Pedrinho) e Matheus Vital (Gustavo); Vágner Love. Técnico: Fábio Carille
Gols: Vagner Love (13-1º) e Pedrinho (41-2º)
Cartões amarelos: Ralf, Jadson, Cássio, Junior Urso (C). Lucas Halter (A).
Público: 12.409
Local: Arena da Baixada

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
13 - Gol do Corinthians. Cruzamento de Jadson. Márcio Azevedo falha e deixa Vagner Love livre para cabecear no canto.
18 - Boa troca de passes do quarteto ofensivo. No fim, Thonny Anderson chuta e a zaga bloqueia.
32 - Contra-ataque. Vagner Love enfia. Mateus Vital sai na cara do gol e chuta. Madson trava e evita o gol.
33 – Braian Romero chuta de fora da área. Cássio defende.
41 - Madson cruza. Cirino cabeceia para longe.
43 - Boa troca de passes. Cirino recebe na área e rola para Tomás Andrade, que demora para chutar e é travado.
46 - Cirino puxa o contra-ataque e chuta de fora da área. A bola vai ao lado do gol.
49 – Gol anulado. Escanteio. Braian Romero recebe na área e chuta na trave. Impedido, Thonny Anderson pega o rebote e marca.

Segundo tempo
9 - Márcio Azevedo cobra escanteio. Lucas Halter cabeceia perto.
14 - Márcio Azevedo cruza. Thonny Anderson cabeceia. Cássio espalma. Impedido, Braian Romero pega o rebote e marca o gol. O árbitro anula. O VAR verifica e confirma a decisão.
18 - Khellven cruza. A defesa tira mal. Thonny Anderson pega o rebote e chuta para fora.
33 - Cittadini enfia. Cirino avança, invade a área e chuta no canto. Cássio defende.
36 - Fagner cruza rasteiro. Gustavo escorrega e chuta para fora.
41 - Gol do Corinthians. Lançamento. Lucas Halter fura e deixa Pedrinho livre na área. Ele cabeceia por cobertura.

DESTAQUES DOS EDITORES