Brasileirão

Athletico estreia técnico e defende invencibilidade contra mandante em crise

Alberto Valentim
Alberto Valentim (Foto: Divulgação/Athletico.com.br/José Tramontin)

O Athletico Paranaense volta a jogar nesta quarta-feira (dia 6) às 19 horas. O jogo será em Goiânia, contra o Atlético-GO, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, e marca a estreia do técnico Alberto Valentim, contratado na semana passada. Ele terá o suporte da equipe permanente, do diretor Paulo Autuori e do auxiliar Bruno Lazaroni.

O jogo não terá transmissão por nenhuma TV ou streaming no Brasil.

INVENCIBILIDADE
No duelo em Goiânia, o Athletico defende uma invencibilidade de 14 anos contra esse adversário. A última vez que perdeu para o Atlético-GO foi em 2007, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O time paranaense perdeu por 3 a 1 fora de casa, mas ganhou por 2 a 0 na Arena da Baixada e avançou para as quartas de final. Depois daqueles dois confrontos em 2007, os dois clubes se encontraram mais 11 vezes, com oito vitórias do Furacão e três empates.

CRISE
O Atlético-GO vive uma crise como mandante. Não conseguiu vencer nos nove últimos jogos em casa, com sete empates e duas derrotas. Foram oito jogos pelo Brasileirão e um pela Copa do Brasil (o empate em 2 a 2 com o Athletico). A série negativa resultou na saída do técnico Eduardo Barroca. A equipe agora é comandada pelo auxiliar Eduardo Souza.

ESCALAÇÃO
A lista de 25 convocados para a partida tem oito alterações em relação ao grupo que enfrentou o Flamengo, no Maracanã, no último domingo.

Quatro titulares voltam ao grupo: Nikão, Terans, Richard e Zé Ivaldo. Eles não enfrentaram o Flamengo devido ao desgaste físico excessivo.

A novidade é o goleiro Léo Linck, 20 anos. Ele ainda não estreou como profissional e começa no banco nesta quarta-feira, junto com Bento, ambos reservas de Santos.

Três nomes deixaram a delegação: o centroavante Mingotti, o volante Juninho e o lateral/ponta Kleinton. Eles ficam em Curitiba, em treinamentos.

O desfalque é o zagueiro Thiago Heleno, suspenso por três jogos pelo STJD pela expulsão contra o Corinthians. Ele não atuou nas duas últimas rodadas do Brasileirão e cumpre o terceiro jogo da punição contra o Atlético-GO.

A tendência é que Alberto Valentim mantenha o esquema tático utilizado nas últimas cinco partidas: o 5-2-3 para defender e o 3-4-3 para atacar.

No Atlético-GO, o desfalque é o lateral-esquerdo Igor Carius, ex-Paraná Clube, que está suspenso por cartões amarelos. A vaga dele deve ficar com Natanael, ex-Athletico.

ATLÉTICO-GO x ATHLETICO
Atlético-GO: Fernando Miguel; Dudu, Wanderson, Éder e Natanael (Arthur Henrique); Matheus Barbosa e Willian Maranhão; André Luís, João Paulo e Ronald; Zé Roberto. Técnico: Eduardo Souza
Athletico: Santos; Marcinho, Pedro Henrique, Lucas Fasson e Zé Ivaldo; Richard e Erick; Nikão, Terans e Bissoli. Técnico: Alberto Valentim
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Local: Antonio Accioly, em Goiânia, quarta-feira às 19 horas

OS CONVOCADOS
Goleiro: Santos, Bento e Léo Linck
Zagueiro: Lucas Fasson, Nico Hernández, Pedro Henrique e Zé Ivaldo
Lateral-direito: Khellven e Marcinho
Lateral-esquerdo: Abner, Márcio Azevedo, Nicolas e Pedrinho
Volante: Christian, Erick e Richard
Médio-centro: Cittadini
Meia: Canesin, Jader, David Terans
Ponta: Carlos Eduardo, Nikão, Pedro Rocha
Centroavante: Bissoli, Renato Kayzer