Brasileirão

Athletico perde o 'duelo de desfalcados' para o arrasador Atlético-MG

Nacho enfrenta Richard
Nacho enfrenta Richard (Foto: Divulgação/Pedro Souza/Atlético)

O Athletico Paranaense perdeu por 2 a 0 para o Atlético-MG, nesse domingo (dia 1º) à tarde, em Belo Horizonte, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense ficou em 6º lugar, com 23 pontos e com uma partida a menos em relação aos primeiros colocados. Já a equipe mineira está na 2ª posição, com 31 pontos. Clique aqui para ver a classificação, no site Srgoool.

Clique aqui para ver as ATUAÇÕES — notas para os jogadores do Athletico.

Clique aqui para assistir aos melhores momentos da partida e ao pênalti polêmico.

A partida ficou marcada por desfalques importantes nas duas equipes. O Athletico jogou sem Nikão, Vitinho, Santos, Abner e Matheus Bahi. E só usou Terans nos 30 minutos finais. O time mineiro não tinha Hulk e Arana.

FASE ARRASADORA
O resultado ampliou a fase arrasadora do Atlético-MG, que soma agora dez partidas seguidas sem perder (8 vitórias e 2 empates). Já o Athletico vinha de três vitórias consecutivas e agora volta a focar na Copa do Brasil — joga na quarta-feira contra o Atlético-GO, em Goiânia.

ESCALAÇÃO
As baixas no Athletico eram Vitinho (suspenso), Santos (Olimpíada), Abner (Olimpíada), Matheus Babi (lesão) e Lucas Halter (lesão). Por desgaste físico, Nikão não foi relacionado para o jogo e outros três começaram no banco (Terans, Marcinho e Christian). O técnico António Oliveira usou o esquema tático 4-2-3-1, com Canesin (direita), Jadson (centro) e Carlos Eduardo (esquerda) na linha três.

O Atlético-MG não tinha o técnico Cuca (suspenso) e os jogadores Hulk, Keno, Rafael e Marrony (departamento médico), além de Guilherme Arana (seleção olímpica).

PRIMEIRO TEMPO
O time mineiro teve maior posse e controle territorial no primeiro tempo. No entanto, não criou chances de gol. Finalizou oito vezes, mas nenhuma com perigo. O Athletico ficou recuado e mostrou qualidade no sistema defensivo. Com a bola, esperou espaços para atacar, mas eles não surgiram.

SEGUNDO TEMPO
No intervalo, o volante Richard entrou no lugar de Canesin. Com isso, Cittadini passou a jogar aberto na direita e o 4-2-3-1 foi mantido. O Atlético-MG ficou mais ofensivo, com a entrada do meia-atacante Eduardo Vargas no lugar de Tchê Tchê. O time paranaense teve grande chance aos 6, em cruzamento de Nicolas e passe de Cittadini para Jadson desperdiçar na cara do gol.

GOL E POLÊMICA
O time mandante chegou ao gol aos 14, em pênalti cobrado por Vargas. A penalidade provocou muita reclação da equipe paranaense. No lance, Richard usou o braço para evitar a aproximação de Nacho. O árbitro interpretou como uma cotovelada. O VAR não interferiu.

MUDANÇAS
Aos 17, duas mudanças no Athletico, com as entradas de Marcinho e Terans. O time mineiro fez o segundo gol em seguida, em boa jogada de Vargas finalizada por Neto. Aos 25, entrou o ponta Jaderson. Aos 30, Richard saiu para a entrada do volante Erick. As mudanças não surtiram muito efeito e o Athletico pouco atacou. O Atlético-MG soube se defender e segurar a vantagem no placar.

ESTATÍSTICAS
No total dos 90 minutos, o Athletico teve 8 finalizações (1 certas), 39% de posse de bola e 82% de eficiência nos passes. Já o Atlético-MG somou 11 finalizações (3 certas), 61% de posse de bola e 90% de eficiência nos passes. Os dados são do site Sofascore.

ATLÉTICO-MG 2x0 ATHLETICO
Atlético: Everson; Mariano, Nathan Silva, Junior Alonso e Dodô (Calebe); Allan (Hyoran) e Tchê Tchê (Vargas); Savarino, Nacho e Zaracho (Neto); Sasha (Réver). Técnico: Cuquinha (auxiliar)
Athletico: Bento, Khellven (Marcinho), Thiago Heleno, Pedro Henrique e Nicolas; Richard (Erick) e Léo Cittadini; Canesin (Christian), Jadson (Terans) e Carlos Eduardo (Jaderson); Renato Kayzer. Técnico: António Oliveira
Gols: Vargas (14-2º), Neto (23-2º)
Expulsão: Vargas (43-2º)
Cartões amarelos: Thiago Heleno, Erick (CAP). Mariano, Neto, Vargas (CAM).
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Local: Mineirão

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
9 – Savarino toca para Nacho, livre na área. Ele chuta ao lado do gol.
20 – Richard chuta de fora da área. A bola vai ao lado.

Segundo tempo
1 – Richard aciona Cittadini, na área. Ele finta o zagueiro e chuta. A bola desvia na zaga e sai.
6 – Nicolas cruza. Cittadini domina na área e rola para Jadson, na marca de pênalti. Ele chuta para fora e perde boa chance.
12 – Richard desarma Nacho e protege a bola com o corpo. O árbitro marca pênalti por cotovelada. O VAR não interfere.
14 – Gol do Atlético-MG. Vargas bate forte, à direita do goleiro Bento, que não alcança.
16 – Khellven toca para Cittadini, na área. Ele chuta para fora.
20 – Nicolas cruza rasteiro. Kayzer, Terans e Cittadini 'furam'.
23 – Gol do Atlético-MG. Vargas invade a área e dá um toque com estilo para a meia-lua. Neto chuta de voleio. A bola desvia em Pedro Henrique e engana Bento.
32 – Mariano cruza. Sasha cabeceia perto.
35 – Terans chuta de fora da área. O goleiro segura.