Publicidade
Na Ásia

Athletico vai jogar no Japão em 7 de agosto pela ‘ex-Copa Suruga’

Cartaz promocional do jogo do Athletico na Ásia
Cartaz promocional do jogo do Athletico na Ásia (Foto: Reprodução)

Quando venceu a Copa Sul-Americana, o Athletico garantiu presença na decisão da Copa Suruga, um torneio que surgiu em 2008 e reúne o campeão da competição sul-americana e um campeão japonês. O termo “Copa Suruga” não existe mais, já que neste ano o banco Suruga retirou o patrocínio à competição. Mas não é por isso que a competição tenha deixado de existir; ela apenas mudou de nome: “J.League YBC Levain Cup/Conmebol Sul-Americana Championship Final”. Ou seja, uma junção das ligas japonesa e coreana, que determinam um time para a decisão, e da Conmebol, que determina o outro. E os asiáticos já começaram a promover a competição, marcada para 7 de agosto, com cartazes promocionais. 

O adversário do Athletico será o Shonan Bellmare, do Japão. O time é o atual campeão da Copa da Liga Japonesa, mas está apenas em 12º no Campeonato Japonês.

A partida será em 7 de agosto, às 7 horas (de Brasília), no estádio Shonan BMW Stadium Hiratsuka, na cidade de Hiratsuka – a 70 km da capital do Japão, Tóquio.

Se conseguir o título, o Athletico será o segundo time brasileiro a levantar o troféu. O primeiro foi o Internacional, em 2009. Outros dois brasileiros disputaram a decisão, mas fracassaram: São Paulo (em 2013) e Chapecoense (em 2017). Além disso, há a premiação. O título rende R$ 2,7 milhões de prêmio. Mesmo a derrota garante um bom dinheiro: R$ 1,85 milhão.

Brasileirão

Para que possa disputar a “ex-Copa Suruga”, o Athletico terá que dar uma pausa no Brasileirão. Assim, a partida contra o São Paulo, marcada para 7 de agosto, será adiada.

 

Todas as finais da Competição

Ano       Final

2008      Arsenal de Sarandí (Argentina) 1 x 0 Gamba Osaka (Japão)

2009      Internacional (Brasil) 2 x 1 Oita Trinita (Japão)

2010      FC Tokyo (Japão) 2 x 2 LDU (Equador)
                Obs: Nos pênaltis, FC Tokyo 4 x 3 LDU

2011      Júbilo Iwata (Japão) 2 x 2 Independiente (Argentina)
                Obs: Nos pênaltis, Júbilo Iwata 4 x 2 Independiente

2012      Kashima Antlers (Japão) 2 x 2 Universidad de Chile (Chile)
                Obs: Nos pênaltis, Kashima Antlers 7 x 6 Universidad de Chile

2013      Kashima Antlers (Japão) 3 x 2 São Paulo (Brasil)

2014      Kashiwa Reysol (Japão) 2 x 1 Lanús (Argentina)

2015      River Plate (Argentina) 3 x 0 Gamba Osaka (Japão)

2016      Santa Fe (Colômbia) 1 x 0 Kashima Antlers (Japão)

2017      Urawa Red Diamonds (Japão) 1 x 0 Chapecoense (Brasil)

2018      Independiente (Argentina) 1 x 0 Cerezo Osaka (Japão)

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES