Publicidade
Brasileirão

Atlético faz 3 gols em 21 minutos e atropela o Flamengo na Arena da Baixada

Atlético faz 3 gols em 21 minutos e atropela o Flamengo na Arena da Baixada
Zé Ivaldo comemora o terceiro gol do Atlético (Foto: Geraldo Bubniak)

Com três gols em 21 minutos, o Atlético atropelou o Flamengo na Arena da Baixada, na manhã deste domingo (19). O time paranaense aplicou 3 a 0 no adversário e ainda acertou duas bolas na trave, em partida válida pela 19ª rodada do Brasileirão.

A partida encerrou o primeiro turno da competição. O Flamengo, com 37 pontos, ainda buscava a liderança simbólica do primeiro turno, mas o objetivo foi enterrado com a vitória do Atlético. O São Paulo garantiu essa liderança sem nem precisar entrar em campo.

Já o Atlético foi a 18 pontos. Apesar da vitória, não conseguiu sair da zona de rebaixamento, ao fim do primeiro turno. O Vasco, que aparece em 16º, tem 19 pontos. O time paranaense, porém, tem um jogo a menos – a partida contra o Vasco, pela 15ª rodada, na Arena, será disputada no dia 29 de agosto.

Veja aqui a classificação no site Sr.Goool.

TÉCNICO

O técnico Tiago Nunes fez seu 6º jogo pelo Atlético no Brasileirão. Ele soma 2 vitórias, 3 empates e 1 derrota. Nos últimos quatro jogos pela competição, o time não levou gol. Nunes ainda dirigiu o Furacão em duas partidas pela Copa Sul-Americana –duas vitórias sobre o Peñarol, do Uruguai – e uma pela Copa do Brasil – empate em 1 a 1 com o Cruzeiro.

TABELA

O Atlético volta a campo na próxima quarta-feira (22), quando enfrenta a Chapecoense, na Arena Condá. A partida é válida pela 20ª rodada do Brasileirão.

ESCALAÇÃO

Tiago Nunes não podia contar com os dois zagueiros titulares, Paulo André e Thiago Heleno, nem com o reserva imediato do setor, Wanderson. Léo Pereira e Zé Ivaldo compuseram a defesa. Outro desfalque era o atacante Marcelo Cirino, com lesão na coxa. Apesar disso, o esquema 4-3-3 foi mantido. O Flamengo resolveu poupar alguns titulares, como o goleiro Diego Alves, o zagueiro Réver e o meia Diego. O atacante Henrique Dourado, por sua vez, cumpria suspensão.

PRIMEIRO TEMPO

No primeiro tempo, o Atlético fez boa marcação e foi especialmente perigoso em jogadas pelo lado esquerdo. Tanto que, em 21 minutos, fez três gols, todos a partir de jogadas por ali. Aos 10 minutos, em cobrança de falta pelo lado esquerdo, Marcinho rolou para Pablo abrir o placar. Aos 17, Renan Lodi cruzou e Raphael Veiga ampliou ao finalizar na pequena área. Aos 21, após outra jogada de Renan Lodi, o Atlético conseguiu um escanteio. Raphael Veiga cobrou e Zé Ivaldo marcou 3 a 0, de cabeça.

Depois disso, o time só saía “na boa”, como afirmou depois Raphael Veiga, e soube segurar o Flamengo graças à marcação compacta no campo de defesa. O time carioca só levou algum perigo em chutes de longe.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa final, o Atlético sofreu certa pressão do Flamengo, mas conseguiu se segurar bem. E ainda criou chances em contra-ataques. Até a metade da etapa, o goleiro do time carioca, César, trabalhou mais vezes que o do Furacão, Santos.

Aos 21 minutos, Lucho Gonzalez, cansado, deu lugar a Bruno Guimarães e saiu aplaudido de campo. Aos 28, Bruno Nazário substituiu Raphael Veiga. Aos 38, o colombiano Anderson Plata estreou no time paranaense, ao entrar em lugar de Nikão. E ainda mandou uma bola na trave. No fim, o time passou sufoco, mas conseguiu segurar a vitória por 3 a 0.

ESTATÍSTICAS

Na partida, o Atlético somou 14 finalizações (8 certase 2 na trave), teve a posse de bola por 33% do tempo e acertou 81% dos passes. O Flamengo finalizou 14 vezes (6 certas), somou 67% de posse de bola e 90% de acerto nos passes. Os números são do Whoscored.

ATLÉTICO 3 x 0 FLAMENGO

Atlético: Santos; Jonathan, Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Lucho González (Bruno Guimarães) e Raphael Veiga (Bruno Nazário); Nikão (Anderson Plata), Pablo e Marcinho. Técnico: Tiago Nunes

Flamengo: César; Rodinei, Léo Duarte, Thuler e Renê; Cuéllar e Willian Arão (Marlos Moreno); Éverton Ribeiro (Geuvânio), Lucas Paquetá e Vitinho; Uribe (Lincoln). Técnico: Maurício Barbieri

Gols: Pablo (10-1º), Raphael Veiga (17-1º), Zé Ivaldo (21-1º)

Cartões amarelos: Vitinho, Pablo, Léo Pereira

Árbitro: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Local: Arena da Baixada, domingo

 

LANCES DO JOGO

PRIMEIRO TEMPO

10 - Gol do Atlético. Marcinho cobra falta rasteira para a área. Pablo se antecipa na primeira trave e toca à direita do goleiro

13 - Rodinei bate de fora da área. Santos dá rebote e depois faz uma grande defesa nos pés de Vitinho

17 – Gol do Atlético. Renan Lodi cruza rasteiro. Nikão finaliza na pequena área. César salva no reflexo, mas Raphael Veiga pega a sobra e fuzila

21 – Gol do Atlético. Raphael Veiga cobra escanteio. Zé Ivaldo sobe no primeiro pau e cabeceia para dentro

30 – Raphael Veiga chuta em cima da marcação. Thuler perde a bola para Renan Lodi, que bate fraco. César pega

31 – Everton Ribeiro pega sobra da defesa e tenta de fora da área, mas manda para fora

35 – Everton Ribeiro disputa bola com Marcinho no chão e chuta o rosto do jogador do Atlético. O árbitro não marca nada

38 – William Arão arrisca de longe. Santos defende

40 – Vitinho arrisca cruzado, de fora da área. Santos pega

45 – Pablo rouba a bola no ataque. Marcinho bate a gol da entrada da área. Cesar pega no canto direito

SEGUNDO TEMPO

5 – Após bola erguidas à área, a zaga do Flamengo afasta. Lucho Gonzalez emenda de fora da área e força César a uma boa defesa

8 – Renan Lodi cruza rasteiro. Pablo estica a perna, mas não alcança. César pega

9 – Rodinei bate a gol. Santos dá rebote, mas pega a bola antes da chegada de Uribe

14 - Marcinho tabela com Pablo, domina e chuta de fora da área. César pega

18 – Vitinho bate forte, de fora da área. Santos espalma para longe

20 – Nikão recebe e serve Renan Lodi, que chuta na rede do lado de fora

24 – Marcinho puxa contragolpe e lança para Nikão, que domina e bate a gol. A bola resvala na zaga e ainda bate na trave

27 – Vitinho cobra escanteio. Marlos Moreno cabeceia para fora

29 – Marcinho cobra falta lateral direto a gol. A bola vai da rede por cima do gol

36 – Geuvânio domina fora da área e finaliza por cima do gol

39 – Plata domina na direita e bate a gol. A bola desvia na defesa e bate na trave antes de sair em escanteio

41 – Geuvânio cruza. Lincoln recebe sozinho. Santos sai e acaba driblado, mas se recupera e pega a bola

43 – Geuvânio cruza. Zé Ivaldo falha e Lincoln cabeceia. Santos pega

44 – Vitinho arrisca de longe e manda no ângulo. Santos salta e defende

45 – Lucas Paquetá avança em velocidade e cruza rasteiro. Santos desvia aos pés de Lincoln e depois fica com a bola

48 – Lucas Paquetá arrisca de longe. A bola raspa a trave e sai

DESTAQUES DOS EDITORES