Publicidade
Chelsea

Atlético-MG negocia com meia revelado pelo Atlético-PR

Atlético-MG negocia com meia revelado pelo Atlético-PR

VICTOR MARTINS BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - O modelo de jogo do Atlético-MG para 2018 já está definido pelo técnico Oswaldo de Oliveira. O treinador já revelou que pretende jogar com uma trinca de jogadores atrás do centroavante. Um pela direita, outro pela esquerda e o terceiro centralizado. Para essa última função, a única opção no elenco atleticano é que o equatoriano Cazares.

Por isso o Atlético-MG negocia para contratar Nathan, que foi revelado pelo Atlético-PR, mas que tem contrato com o Chelsea, da Inglaterra. No entanto, o brasileiro de 21 anos não tem atuado pelo time inglês. Desde que assinou contrato com a equipe de Londres, em 2015, Nathan foi emprestado duas vezes.

Primeiro ele defendeu o Vitesse, da Holanda, e no momento joga pelo Amiens, da França. Apontado como uma das grandes revelações do Atlético-PR nos últimos anos, o meia é o favorito do diretor de futebol alvinegro, Alexandre Gallo, para acabar com essa carência que existe no elenco.

E Gallo conhece muito bem o jogador. Então treinador da seleção brasileira sub-23, que se preparava para os Jogos Olímpicos Rio-2016, o agora diretor do Atlético convocou Nathan em algumas oportunidades.

Aliás, Alexandre Gallo chegou a destacar uma vez que poucos conhecem tanto os jovens jogadores brasileiros como ele conhece. "Talvez eu seja a pessoa com o melhor know-how em conhecimento de jogadores entre 17 e 23 anos. Fizemos um levantamento e este conhecimento é muito rico e dá possibilidade de você acompanhar muitos jogos, conversar com treinadores e presidentes de clubes. Sempre busquei entender o que estava acontecendo no trabalho de base e no sistema olímpico deles para aperfeiçoar o que a gente estava fazendo no Brasil", disse Alexandre Gallo, em entrevista concedida ao Jornal Hoje em Dia, em agosto de 2015. Porém, a contratação de Nathan não vai ser simples.

Ligado ao Chelsea e emprestado ao Amiens, pode não ser barato tirar o brasileiro do futebol europeu. Para fazer o meia chegar à Cidade do Galo, o Atlético tem um importante parceiro. O fundo de investimento ligado ao Banco BMG está disposto a bancar a transação, já que Nathan é novo e tem muito potencial para ser vendido futuramente.

A procura do Atlético por mais uma camisa 10 não se resume a Nathan. Além dele, outros jovens brasileiros, que atuaram com Alexandre Gallo em alguma seleção de base, também estão no radar do clube mineiro. Lucas Evangelista é um dos atletas monitorados por Gallo. Revelado pelo São Paulo, o meia pertence à Udinese, da Itália, mas atualmente defende o Estoril, de Portugal. O jogador de 22 anos também já atuou pelo Panathinaikos, da Grécia.

Publicidade