Publicidade
2019

Atlético terá Paulo André como gestor e sub-23 jogando o Paranaense, diz diretor

Atlético terá Paulo André como gestor e sub-23 jogando o Paranaense, diz diretor
Paulo André comemora gol: zagueiro já começou a trabalhar em nova função no Atlético (Foto: Geraldo Bubniak)

O diretor de futebol do Atlético Paranaense, Rui Costa, falou sobre planos para 2019. Um deles é disputar o Campeonato Paranaense com o elenco sub-23, medida que o clube vem adotando desde 2013. Só em 2016 adotou outra política e escalou a equipe principal na maioria dos jogos do Estadual. Outro plano é o zagueiro Paulo André, 35 anos, trocar o gramado pelo escritório. 

Além de zagueiro titular, Paulo André já vem trabalhando fora de campo no CT do Caju. “Ele está em processo de transição. A partir do ano que vem fará uma função executiva no clube, é muito competente nisso”, afirmou Rui Costa, em entrevista para a rádio Banda B. O jogador mora no CT do Caju, no hotel do Atlético, e cumpre as funções no departamento de futebol em horários alternativos aos treinos.

Sobre a decisão de utilizar o elenco sub-23 no Paranaense, Rui Costa explicou que ela foi tomada pelos dirigentes eleitos, e não pelos profissionais do departamento de futebol. “É institucional. Não passa pelo comando de futebol. A partir das diretrizes que temos, estabelece que disputamos essa competição com a equipe de aspirantes. Isso faz parte do planejamento como uma premissa”, comentou.

O Atlético já tem dois reforços engatilhados para o sub-23 em 2019: o zagueiro Robson Bambu, do Santos, e o atacante Guilherme Bissoli, do São Paulo.

VEIGA
Rui Costa confirmou também que o meia Raphael Veiga voltará ao Palmeiras no fim de 2018. O jogador está emprestado pelo clube paulista. “O próprio Palmeiras já tornou público que não há possibilidade de prorrogação. É importante para nós, pôde mostrar sua qualidade aqui. Se for possível permanecer, evidentemente faremos esforço para que isso aconteça. Mas falar de situações que não estão previstas no contrato, pode frustrar o torcedor”, disse o diretor do Atlético.

DESTAQUES DOS EDITORES