Publicidade
Contabilidade Fácil

Balanço Patrimonial

O Balanço Patrimonial é um dos relatórios obrigatórios que as Empresas devem apresentar ao final do Exercício Social que, normalmente é no final do ano, mais precisamente no dia 31 de dezembro. O Balanço Patrimonial junto com as outras peças contábeis obrigatórias faz parte das informações que as Empresas devem apresentar aos Acionistas, aos Empresários, aos Bancos, etc.
O Balanço é composto de informações referentes ao saldo contábil das contas em uma determinada data, pois como ele é concebido, são levantados os saldos das contas nessa data e informadas nesse relatório contábil. Alguns autores consideram um relatório estático, como uma fotografia em um determinado momento. Dessa maneira, os saldos apresentados naquela data, pertencem  àquele momento e, após essa data, os valores das contas já não serão considerados válidos para aquele Balanço.
Esse relatório é representado por informações dos valores dos Bens que a Empresa possui e dos direitos que a Empresa tem sobre terceiros. Esses itens são os Ativos da empresa. São os saldos bancários, máquinas, equipamentos, os saldos a serem recebidos juntos aos clientes da Empresa.
Não se pode esquecer das obrigações da Empresa junto a terceiros. Esses itens são chamados de Passivos, pois a empresa não tem controle sobre essas informações devendo quitar estas dívidas nos seus determinados tempos. Fazem parte dos Passivos as obrigações com fornecedores, financiamentos bancários, obrigações com impostos e com encargos sociais, etc.
No complemento do relatório temos as informações que são representadas pelo Patrimônio Líquido, ou seja, os valores que pertencem aos sócios ou acionistas das Empresas. Isso ocorre pela diminuição dos Ativos menos os Passivos que,  normalmente, devem ser positivos. Pois os bens e direitos menos as obrigações, necessariamente, devem sobrar valores aos donos das Empresas.

Celso Oliveira é contabilista, professor 
da Faculdade Estácio Curitiba

DESTAQUES DOS EDITORES