DECOR MIX

Bali Home apresenta a exposição “Água Rocha”, da artista Fernanda Trombini Perez

Roberta Saporiti, diretora da Bali Home; a fotografa Fernanda Trombini Perez e o artista André Mendes
Roberta Saporiti, diretora da Bali Home; a fotografa Fernanda Trombini Perez e o artista André Mendes (Foto: Lidiane Lenart)

A mostra representa o reencontro entre naturezas múltiplas e distintas 

A loja Bali Home apresenta mais uma ação para valorizar a arte nacional, no mês de Abril, a loja realiza a inauguração da exposição fotográfica “Água Rocha“, da artista Fernanda Trombini Perez, para revelar a efetiva contemplação da natureza. A curadoria apresenta registros fotográficos realizados pelo olhar da artista sobre a paisagem litorânea que contemplam a beleza do mar e das rochas.

Para, Roberta Saporiti, diretora da Bali Home, essas ações são uma forma de valorizar a arte nacional e fomenta-las no mercado curitibano. “Tivemos a ideia de realizar ações artísticas para trazer o olhar de artistas para dentro da loja e valorizar a cultura nacional”, e ainda completa, “Já trouxemos artistas de outras regiões do país para Curitiba. Mas hoje, o protagonismo é da Fernanda, essa grande artista curitibana que tem um olhar lindo sobre a natureza”, aponta a empresária. 

A exposição apresenta a cena praiana com imagens de recortes das rochas e da água do mar. O contraste manifesta-se de forma nítida por meio do jogo entre o claro e o escuro. A paleta natural, com predominância de tons de cinza, purifica os olhares acostumados com o excesso de informação cromática, convidando-os ao aprimoramento da percepção visual. Ou seja, a frieza do cinza torna-se a ocasião de contemplação da superfície das rochas, areia ou no azul refletido na paisagem. A exposição acontece até o dia 06/05, na loja Bali Home, todas as peças estão disponíveis.

Serviço

Bali Home - Av. Iguaçu, 2074 - Água Verde

(41) 3079-8578 


Mês do Livro: 4 inspirações de cantinhos para leitura

 

Jogo de espelhos disponível na Lais Aliski Casa l Foto: Divulgação

Os livros são uma extensão da memória e da imaginação, já dizia Jorge Luís Borges (1899-1986). Em abril, considerado o Mês do Livro, apresentamos quatro ambientes pensados a partir do protagonismo destas obras nos espaços. Selecionamos projetos que apresentam a união de duas artes - literatura e arquitetura – para te inspirar, tornando o momento de leitura ainda mais prazeroso e instigante. Confira:

Em casa


Ambiente assinado por Carlos Reichmann para Villa Batel | Foto: Bia Nauiack

De forma ousada, o profissional Carlos Reichmann desenvolveu um espaço para leitura que foge dos padrões. Carlos optou em criar um cantinho de leitura com uma mesa, isso mesmo, com o mobiliário da Villa Batel, o profissional criou um espaço multiuso com referências maximalistas, junto com o tapete da Botteh Handmade Rugs, para criar uma atmosfera literária e com muita personalidade. 

No trabalho


Projeto assinado por Gabriela Casagrande | Foto: Eduardo Macarios

Em meio à rotina agitada, contar com um ambiente de trabalho que proporcione conforto e bem-estar é essencial. Nesse escritório, projetado pela arquiteta Gabriela Casagrande, a estante com livros surge para incentivar o hábito da leitura também neste ambiente. O tom de acolhimento do espaço é reforçado pelo painel presente no teto da área de trabalho, que ganha personalidade e movimento com a composição dos MDFs Chenin Blanc e Argel, da Sudati.

 

Para crianças


Projeto Alessandra Gandolfi | Foto: Marcelo Stammer

Para incentivar a leitura nas crianças, o ideal é já destinar um espaço para os livros infantis e de estudos. Um exemplo é o projeto da arquiteta Alessandra Gandolfi, que criou com a inspirada no mundo Batman estantes temáticas, deixando os livros na altura dos pequenos. Trazer referências lúdicas com personagens e temáticas infantis é uma forma de chamar a atenção das crianças e instigar a leitura desde os primeiros anos de alfabetização.

Área externa

Nada melhor que aproveitar o frescor do ar livre para relaxar e apreciar um bom livro. Espaços externos, como a varanda de casa, podem tornar-se o cantinho ideal para ler. Enquanto se faz a leitura, também aprecia a natureza ao entorno. Neste projeto, as telhas translúcidas da Ajover Brasil, produzidas com policarbonato, garantem a dose de iluminação natural necessária para folhear as páginas com conforto visual.

Telhas de policarbonato da Ajover Brasil l Foto: João Graziani