Publicidade
Gente de bem

Bancos do Santuário Nossa Senhora de Guadalupe ficam cheios de cestas básicas. Saiba o motivo

(Foto: Divulgação)

Em tempos de pandemia, responsabilidade social é fundamental. Mais do que isso, a caridade, o olhar para o próximo. Unindo esforços, Padre Reginaldo Manzotti ocupa os bancos do Santuário Nossa Senhora de Guadalupe, em Curitiba, com cestas básicas. Com mais de 500 cesta recebidas até terça (26) as doações não param de chegar e as fotos que ocupavam os bancos da Igreja foram recolhidas e colocadas no Altar do Senhor para continuarem presentes nas celebrações. A ação que teve como inspiração a Igreja de Santo Antônio, em Joinville (SC) tem como intenção arrecadar o máximo possível para que a responsabilidade social entregue as família e instituições que atendem.
Responsabilidade Social

Oferecendo apoio, Padre Reginaldo Manzotti ajuda, anualmente, mais de 70 mil pessoas, com doações de alimentos, leite e produtos de higiene pessoal. Além disso, a instituição apoia a Pastoral da Pessoa Idosa, prestando atendimento a mais de 172 mil idosos em todo o país, e a Pastoral da Criança com a parceria Abracei, assumindo mais de 10 mil crianças.


Sobre o Padre Reginaldo Manzotti
Sacerdote, escritor, músico, compositor, cantor e apresentador de rádio e TV, o padre Reginaldo Manzotti ao completar 25 anos de sacerdócio, decidiu se reinventar e inovar mais uma vez em prol da evangelização. Antenado com as mídias digitais, o sacerdote tem quase 7 milhões de seguidores no Facebook, mais de 2 milhões de seguidores no Instagram, mais de 1 milhão de pessoas inscritas em seu canal do Youtube, 650 mil seguidores no Twitter e mais de 100 mil em seu canal Vevo. Seu portal, www.padrereginaldomanzotti.org.br, que recebe mais de 1 milhão de acessos mês. Sacerdote que evangeliza pelos meios de comunicação, o padre apresenta programas de rádio e televisão que são retransmitidos e exibidos em mais de 1680 emissoras do país, além de outros países como: Inglaterra, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Angola,Paraguai, Bolívia e Uruguai.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES