Publicidade
Paranaense

'Bicho do Paraná', João Lopes ganha homenagem de músicos do Conservatório de MPB. Assista

(Foto: Cido Marques/FCC)

Encontro inédito reúne virtualmente integrantes dos grupos artísticos do Conservatório de MPB de Curitiba, professores e músicos da cidade para uma homenagem àquele que foi um dos grandes fortalecedores da identidade paranaense, o músico e compositor João Lopes, falecido no último dia 18.

A gravação da composição icônica Bicho do Paraná reuniu cerca de 50 músicos e será disponibilizada via no Facebook do Conservatório de MPB e da Fundação Cultural de Curitiba neste sábado (30/5), às 12h15. O vídeo tem a duração de quatro minutos e contou com a edição de Cristiane Wosniak.

Encabeçados pelo violonista João Egashira, também diretor musical e maestro da Orquestra À Base de Corda (OABC), é a primeira vez que integrantes dos cinco grupos artísticos do CMPB se juntam. Além da OABC, também participam integrantes da Orquestra À Base de Sopro, Vocal Brasileirão, Grupo Brasileiro e do Coral Brasileirinho. A homenagem vai de encontro a um dos principais objetivos do Conservatório: fomentar o ensino e a pesquisa da música local.

“Com o isolamento é ainda mais importante que a gente esteja presente levando a cultura e valorização da nossa terra, assim como o João Lopes fazia tão bem. Cada artista é um tijolinho desse colocado nessa parede cultural do Paraná e é assim que edificamos nossa arte”, afirmou Egashira.

Participam também do vídeo, músicos professores do CMPB e artistas que conheciam o homenageado e quiseram demonstrar seu carinho.

Glauco Solter, um dos baixistas mais renomados do Brasil, esteve em turnês e gravações de disco ao lado de João Lopes.

“Suas composições são um retrato do Paraná dos anos 70 e 80, são referências históricas que ultrapassaram barreiras. O jargão Bicho do Paraná engrandece o povo e dá força para acreditar na nossa união, por isso fez tanto sucesso”, comentou.

João Lopes
Vindo do interior do estado, João Lopes iniciou sua carreira em 1978, a partir de um convite para um show feito pelo compositor Ivo Rodrigues, da banda Blindagem. O músico ficou conhecido pelo seu estilo Rock Rural e fez sucesso com a canção Bicho do Paraná, uma das faixas de seu primeiro disco, lançado em 1981.

A partir daí, brindou público e crítica com os discos João Lopes, Pé Vermelho, O Homem e a Natureza, Interiores, Bicho do Paraná Acústico e Vamos Cantar.

“Assim como em sua música, a natureza estava sempre presente em sua vida”, lembrou Solter. “Tudo que ele plantava, brotava e foi assim em diversas áreas. Ele sabia como ninguém se comunicar com as pessoas, sempre disposto e positivo. Ele era uma inspiração para mim que começava a vida de músico na época”, concluiu.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES