Biden diz que indicará mulher negra à Suprema Corte antes do fim de fevereiro

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta quinta-feira, 27, que irá indicar uma mulher negra para a Suprema Corte do país, sendo a primeira pessoa com tais características a ocupar um cargo no tribunal. A escolha será feita antes do final de fevereiro, segundo o democrata.

Um lugar na Corte ficará vago após o juiz Stephen Breyer, um magistrado progressista de 83 anos, ter decidido se aposentar em junho.

Durante a campanha eleitoral de 2020, Biden prometeu nomear uma negra para preencher qualquer vaga na Suprema Corte.

Em discurso nesta quinta, o presidente dos EUA agradeceu os serviços de Breyer, e disse que a próxima escolhida "será alguém com extraordinárias qualificações, caráter, experiência e integridade".