Publicidade
Pesquisa 

Black Friday ainda não empolgou como no ano passado

Um levantamento realizado pela NZN, um dos principais players para soluções de publicidade online do Brasil, mostra que a expectativa dos consumidores em relação ao Black Friday de 2018 não empolga tanto como foi no ano passado. A falta de dinheiro é uma das justificativas, assim como o momento político e econômico. Neste ano, 32% dos entrevistados estão com alta expectativa para a data, contra 34% do ano passado.

O levantamento também analisou o comportamento dos 48% dos respondentes que nunca compraram durante a Black Friday. A principal justificativa do público em 2018 para não participar da ocasião é a falta de preços realmente atrativos (47%), seguido por falta de dinheiro no período do evento (39%) e falta de interesse em compras durante eventos promocionais (12%).

E aqueles que não esperam muito da data, dizem que só irão comprar ser realmente encontrarem uma “ótima oportunidade”, pois não expressam intenção de busca por promoções.

Os mais aguardados
Sucesso em vendas em 2017, os smartphones comandam o topo da intenção de compra do público, com 58% das respostas. Logo em seguida, aparecem os acessórios de informática (46%) e hardware (43%), que incluem placas de vídeo, processadores, memória. Completando o ranking, logo abaixo estão os consoles e jogos de videogame, com 40% das menções, seguidos de dispositivos móveis (smartwatches, smartbands, câmeras portáteis etc.), com 40%, notebooks (31%), TVs (23%), roupas (21%), eletrodomésticos (20%) e tablets e eReaders (15%), que fecham a lista.

DESTAQUES DOS EDITORES