Publicidade
Consagração

Bohemian Rhapsody retorna aos cinemas e entra em novas salas

(Foto: Divulgação)

Música, cinema e a banda Queen foram a receita perfeita para a consagração de "Bohemian Rhapsody" no Globo de Ouro. O longa levou o prêmio de Melhor Filme Drama e Rami Malek, que interpreta Freddie Mercury, o Globo de Ouro de Melhor Ator em Filme Drama. O sucesso levou o filme de volta a mais de 20 salas de cinema além das 50 salas que ainda exibiam o filme.

O filme, que foi lançado em mais de 750 salas em todo o país, atraiu mais de um milhão de espectadores nos seus primeiros 12 dias em exibição e agora retorna a várias salas em 27 cidades.

Bohemian Rhapsody

Bohemian Rhapsody é uma celebração exuberante do Queen, sua música e seu extraordinário cantor principal Freddie Mercury, que desafiou estereótipos e quebrou convenções para se tornar um dos artistas mais amados do planeta. O filme mostra o sucesso meteórico da banda através de suas canções icônicas e som revolucionário, a quase implosão quando o estilo de vida de Mercury sai do controle e o reencontro triunfal na véspera do Live Aid, onde Mercury, agora enfrentando uma doença fatal, comanda a banda em uma das maiores apresentações da história do rock. Durante esse processo, foi consolidado o legado da banda que sempre foi mais como uma família, e que continua a inspirar desajustados, sonhadores e amantes de música até os dias de hoje. O filme registra mais de US$700 milhões em bilheteria no mundo e quase 3 milhões de espectadores no Brasil.

Mídias Sociais

Facebook: /FoxFilmdoBrasil

Instagram: @FoxFilmBrasil

Twitter: @FoxFilmdoBrasil

Hashtag: #BohemianRhapsodyOFilme

DESTAQUES DOS EDITORES