Bolsonaro cumprimenta Guillermo Lasso por vitória nas eleições no Equador

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cumprimentou nesta segunda-feira, 12, via redes sociais o presidente eleito do Equador, Guillermo Lasso, pela vitória nas eleições. O chefe do Executivo desejou sucesso ao novo governo do país vizinho e disse estar certo de que os laços entre Brasil e Equador serão estreitados.

"Cumprimento @LassoGuillermo por sua vitória nas eleições presidenciais no Equador. Estou certo de que estreitaremos ainda mais os laços que unem nossas nações e trabalharemos pela liberdade em nossa região. Felicidades ao povo equatoriano e sucesso ao presidente eleito!", escreveu em sua página oficial no Twitter.

O candidato liberal Guillermo Lasso venceu o segundo turno das eleições no Equador no domingo e será o novo presidente do país. A disputa acirrada colocou em jogo o retorno ao "Socialismo do Século 21" da década anterior ou a manutenção das políticas pró-mercado dos últimos quatro anos, em meio aos esforços do país andino para reanimar sua economia estagnada.

Seu rival, o economista populista Andrés Arauz, admitiu sua derrota antes mesmo do final da apuração. Arauz, de 36 anos, que fez promessas de generosas doações em dinheiro e uma retomada das políticas socialistas de seu mentor, o ex-presidente Rafael Correa (2007-2017), venceu o primeiro turno em 7 de fevereiro com 32,72% dos votos.

O ex-banqueiro Lasso, de 65 anos, que prometeu criar empregos por meio de investimento estrangeiro e apoio financeiro ao setor agrícola, obteve 19,74% na ocasião, mas virou o jogo no segundo turno. Foi a terceira vez que concorreu à presidência, as outras duas vezes foram em 2013 e 2017.