Medida

Bolsonaro: por 3 meses, MP corta à metade contribuição de empresas a 'Sistema S'

Em sua conta no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro anunciou neste sábado, 4, que "em mais uma iniciativa do governo e do Ministério da Economia para manter emprego e renda dos brasileiros", decidiu reduzir pela metade a contribuição obrigatória das empresas para o 'Sistema S'. "A medida vale por 3 meses", acrescentou o presidente. "A MP 932/20 diminui em mais de R$ 2,5 bilhões as despesas das empresas", concluiu o presidente, na mensagem pelo Twitter.

O Sistema S é um conjunto de entidades, administradas por federações e confederações patronais, voltadas para o treinamento profissional, assistência social, consultoria, pesquisa e assistência técnica. São elas: o Serviço Social da Indústria (Sesi); Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai); Serviço Social do Comércio (Sesc); Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac); Serviço Social de Transporte (Sest); Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat); Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar); Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop); e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).