Mercado da bola

Brunoro assume diretoria no Coritiba e elogia 'projeto inovador'

Brunoro
Brunoro (Foto: Divulgação/Coritiba)

O Coritiba agora conta com um diretor executivo. O cargo fica com José Carlos Brunoro, 70 anos, ex-Palmeiras e Atlético-MG. Ele foi apresentado na tarde desta quarta-feira (06) pela diretoria eleita em 30 de dezembro de 2020. Com um perfil estratégico, o profissional chega com a função de reger a estrutura operacional do clube. Ou seja, todas as coordenadorias, incluindo a de futebol, serão subordinadas a ele.

Segundo o presidente do clube, Renato Follador Júnior, os critérios para a escolha de José Carlos Brunoro foram o perfil profissional vitorioso, o trabalho em equipe e o entendimento da importância do projeto de aproveitamento das categorias de base.

"Nós queremos formar um time para uma década, duas décadas, e isso não se faz sem você apostar na formação. Tivemos a sorte de encontrar esse profissional, que é respeitado, não só no Brasil, mas também no exterior, então é com muito orgulho que eu digo que nós conseguimos essa primeira conquista que nós havíamos prometido para a torcida, que é trazer esse excepcional profissional para trabalhar junto conosco", afirmou o presidente do clube.

“O futebol é o principal componente do clube, e é importantíssimo que esse diretor executivo, na figura do José Carlos Brunoro, que nós temos uma satisfação enorme de estar recebendo aqui no clube, tenha também esse viés esportivo de vitórias e grandes conquistas. É um orgulho para nós estarmos o recebendo. Especificamente no futebol, nós temos três gerências, de captação, formação e preparação esportiva. Ele vai poder atuar junto com esses gerentes e depois com as suas coordenações”, explica o vice-presidente, Osíris Pontoni Klamas.

Para Brunoro, o projeto de direção executiva do clube é inovador a nível nacional. "O projeto é altamente motivador. Em tantas passagens que eu tive no esporte, eu nunca vi no futebol uma coisa tão legal quanto esse projeto. Estou muito motivado, acho que esse projeto é inovador, não só para o Coritiba como para o futebol brasileiro", diz.