Publicidade

Canadá elimina Austrália e vai à semi da Copa Davis; Djokovic avança com a Sérvia

A equipe do Canadá é a primeira classificada para a semifinal das Finais da Copa Davis. Nesta quinta-feira, quando muitos times ainda se enfrentam pela fase de grupos, os canadenses venceram os australianos por 2 jogos a 1, na quadra dura da Caja Magica, em Madri, pelas quartas de final.

Destaque do time canadense na fase de grupos, Vasek Pospisil voltou a se destacar nesta quinta. Ele venceu o jogo de simples contra John Millman por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (9/7) e 6/4. Na sequência, a Austrália empatou o confronto com o triunfo de Alex De Minaur sobre Denis Shapovalov por 3/6, 6/3 e 7/5.

Nas duplas, porém, Pospisil voltou a fazer a diferença. Ele e Shapovalov superaram Jordan Thompson e John Peers, por duplo 6/4. O time australiano esteve desfalcado de Nick Kyrgios em razão de uma lesão na clavícula. Ele se machucou nos primeiros duelos da Austrália nesta semana.

Na semifinal, os canadenses vão enfrentar os vencedores do duelo entre a Sérvia e a Rússia. Liderados por Novak Djokovic, os sérvios terminaram a fase de grupos na liderança do Grupo A, nesta quinta, ao vencerem e eliminarem os franceses por 2 a 1.

No início do duelo, Filip Krajinovic superou Jo-Wilfried Tsonga por 7/5 e 7/6 (7/5). Na sequência, o atual número dois do mundo derrotou Benoit Paire por duplo 6/3 - foi sua 14ª vitória consecutiva na Davis. Nas duplas, Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut bateram Viktor Troicki e Janko Tipsarevic por duplo 6/4. O Japão, outro integrante desta chave, também foi eliminado.

Já a Rússia, que não entrou em quadra nesta quinta e enfrentará os sérvios na sequência, avançou como segundo colocado do Grupo B, atrás da Espanha. No novo formato da Davis, cujo Grupo Mundial deu lugar às Finais, avançam à fase de mata-mata os primeiros colocados de cada chave e mais os dois melhores segundos colocados.

Pelo Grupo E, a Grã-Bretanha avançou mesmo sem contar com Andy Murray, poupado, nesta quinta. Kyle Edmund venceu Mikhail Kukushkin por duplo 6/3, enquanto Alexander Bublik empatou o duelo ao superar Daniel Evans por 5/7, 6/4 e 6/1. Nas duplas, Jamie Murray e Neal Skupski despacharam Bublik e Kukushkin por 6/1 e 6/4.

Os britânicos terminaram na primeira colocação da chave, enquanto casaques e holandeses se despediram da competição. Nas quartas de final, eles vão ter pela frente os alemães. A Alemanha selou sua classificação e a primeira posição do Grupo C ao vencer o Chile por 2 a 1.

Phillip Kohlschreiber somou o primeiro ponto dos alemães no duelo ao superar Nicolas Jarry por 6/4 e 6/3. Mas Cristian Garin empatou ao vencer Jan-Lennard Struff por 6/7 (3/7), 7/6 (9/7) e 7/6 (10/8). Nas duplas, Kevin Krawietz e Andreas Mies derrotaram Marcelo Tomas Barrios e Alejandro Tabilo por 7/6 (7/3) e 6/3. O Chile foi eliminado e a Argentina avançou na segunda posição da chave.

Nas quartas de final, os argentinos vão enfrentar os anfitriões espanhóis. Este e os outros dois duelos desta fase ainda não realizados serão disputados nesta sexta-feira.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES