Publicidade
Temporada

Casos de furtos no Litoral caem 10% durante o Carnaval, mostra balanço

(Foto: Soldado Amanda Morais)

O Carnaval 2019 no Litoral do Estado na área de segurança pública teve redução nos casos de furtos (10%) e mais encaminhamentos (37,50%) por conta do aumento de abordagens (63,67%). Não houve morte por afogamento no mar.

O efetivo da Polícia Militar foi aumentado em 300 homens e o da Polícia Civil também para o feriado, além dos profissionais que já atuam desde dezembro na operação. Campanhas educativas de trânsito, saúde e violência contra a mulher foram feitas nos quatro dias do Carnaval.

De acordo com o coordenador operacional da Operação Verão 2018/2019 e comandante do 6º Comando Regional da PM, coronel Valterlei Mattos de Souza, a integração entre os órgãos, autarquias e instituições do Estado foram a chave para o bom resultado dos serviços prestados aos cidadãos durante o Carnaval.

Segundo ele, os resultados foram excelentes em todas as áreas, a PM ofereceu serviços gratuitos e de qualidade que permitiram que o veranista pudesse aproveitar a praia e ainda agilizar procedimentos e obter informações importantes sobre saúde, trânsito e segurança. “Não tivemos reclamações de falta de serviços básicos e o trabalho de todos os servidores estaduais foi de extrema dedicação”, afirmou.

Pela Secretaria de Estado da Saúde, a população contou com as tendas de testes rápidos nas cidades de Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná. Durante os atendimentos foram reforçadas as campanhas preventivas de doenças sexualmente transmissíveis com a distribuição de folders e de preservativos.

As forças de segurança (Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Científica, Depen e Corpo de Bombeiros) empenharam todo o efetivo disponível para garantir a tranquilidade dos veranistas e foliões. Tanto de dia como a noite, ao longo dos festejos de Carnaval, a presença de viaturas, módulos, embarcações, motos aquáticas, motocicletas, bicicletas e até aeronaves esteve à disposição para atender ao cidadão.

As ações preventivas também culminaram em mais abordagens que, consequentemente, foram determinantes para o aumento de encaminhamentos às delegacias de Polícia Civil.

Foram feitas 3.689 abordagens a pessoas, contra 2.250 no ano anterior, um aumento de 63,96%. Os encaminhamentos subiram de 128 para 176 de um feriado para o outro. As apreensões de armas de fogo também subiram (de uma para seis situações).

A Polícia Civil lavrou 423 Boletins de Ocorrência e instaurou 505 procedimentos, números maiores que os registrados o Carnaval anterior, quando foram 300 Boletins registrados e 389 procedimentos instaurados.

O número de pessoas conduzidas pela Polícia Civil também teve um aumento entre os dois últimos Carnavais (de 93 pessoas subiu para 98), ou seja, um acréscimo de 5,38%.

O Corpo de Bombeiros disponibilizou 89 postos de Guarda-Vidas fixos e um posto móvel em Morretes ao longo da faixa litorânea e fez 105 resgates no mar. Também foram feitas 4.608 advertências e 9.140 orientações aos banhistas, um aumento considerável em comparação com o Carnaval anterior, quando foram 3.527 advertências e 7.853 orientações.

JUSTIÇA E FAMÍLIA - A Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho ofereceu serviços de orientação, acolhimento, orientação psicológica, jurídica, assistência social e prevenção da violência contra a mulher por meio da equipe itinerante do Ônibus Lilás. Foram feitos aproximadamente 140 abordagens educativas e mais de 350 materiais foram distribuídos no Litoral.

O programa Nota Paraná também esteve nas praias de Matinhos e Guaratuba para fornecer informações sobre a emissão da nota fiscal e de como fazer o cadastro no sistema. Somente entre a sexta-feira (01) e a quarta-feira (06) foram feitos 485 atendimentos feitos e o mesmo número de cartões emitidos.

Os projetos educacionais sobre trânsito e meio ambiente atraíram os veranistas para mudança de atitudes. O Departamento de Trânsito (Detran) do Paraná percorreu bares e casas noturnas para falar sobre os perigos da embriaguez ao volante por meio do Programa Se Liga no Trânsito.

Já a Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e Turismo instalou uma tenda com atividades lúdicas para crianças na Praia Central de Guaratuba sobre a conscientização do descarte correto do lixo e a preservação da vida marinha.

ÁGUA E ENERGIA - A Sanepar e a Copel reforçaram as equipes para evitar problemas de fornecimento de água e energia elétrica. Também foram intensificados os trabalhos de coleta de resíduos e os projetos de educação sanitária pela Sanepar. Não houve registros de falta de energia e de água para a população que esteve no Litoral durante o Carnaval.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES