Publicidade
Carceragens

Celas modulares começam a ser implantadas na Capital

A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp-PR) começou a implantar, nesta quarta-feira (3), as celas modulares em delegacias de carceragens da Grande Curitiba. Os trabalhos começaram pelo 11º Distrito Policial, na Cidade Industrial de Curitiba, odne as seis primeiras celas modulares foram colocadas. A s celas modulares, equipadas com camas e banheiro, serão instaladas em seis cidades — Curitiba, Piraquara, Guarapuava, Maringá, Londrina e Cornélio Procópio, segundo a Sesp divulgou em novembro, quando lançou o projeto.

As celas modulares são uma alternativa para reduzir a lotação das cadeias e também das fugas em massa. Só no final do ano passado cerca de 107 presos fugiram das cadeias, e apenas 30 foram recapturados. A intenção é que com as celas modulares, do tipo shelters, 612 novas vagas sejam abertas para atender as cadeias e equilibrar o sistema. Além disso a Sesp deve ampliar e construir penitenciárias.

DESTAQUES DOS EDITORES