Publicidade
#NOVIDADE

Chevrolet lança Onix sedã por R$ 54.990

Sucessor do Prisma traz custo-benefício competitivo dentro da categoria
Sucessor do Prisma traz custo-benefício competitivo dentro da categoria (Foto: Divulgação)

O Chevrolet Onix o carro mais vendido no Brasil atualmente apresenta sua versão sedã chamado de Onix Plus, o modelo foa apresentado juntamente comn a atualização de seu irmão hatch. Além da estrutura totalmente nova, o modelo marca a estreia da inédita motorização 1.0 turbo flex de três cilindros da General Motors, com opções de câmbio automático e manual, ambos de seis marchas. A novidade chega às concessionárias em novembro.

Nesta geração, o Onix e Onix Plus passam a sair de fábrica equipados de série com seis airbags, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas e Isofix. Graças a esses recursos e à melhor capacidade de proteção da nova plataforma, para adultos e crianças, o Onix Plus atingiu a nota máxima de cinco estrelas nos testes de impacto do Latin NCAP. A dupla foi desenvolvida na China em parceria com a empresa local SAIC.

A plataforma GEM, dedicada a mercados emergentes, permitiu construir, no caso do sedã, um carro consideravelmente maior que o antigo Prisma, tanto em comprimento (ganho de 8 centímetros para chegar a 4,47 metros) quanto em distância entre-eixos (mais 8 cm para atingir 2,60 m). Em contrapartida, o porta-malas de 469 litros leva menos bagagem que o compartimento de 500 litros do Prisma. O peso em ordem de marcha varia entre 1.082 kg e 1.117 kg, dependendo da versão. Com essas medidas, o Onix Plus também poderá suprir a demanda pelo veterano Cobalt, candidato a sair de linha no ano que vem.

Na versão de entrada, o novo Onix aposenta o motor SPE/4 1.0 de quatro cilindros de 80 cv – uma versão atualizada do antigo Família 1 que equipava os modelos Celta, Classic e Corsa – para estrear um 1.0 de três cilindros, que entrega até 82 cv de potência e 10,6 kgfm de torque quando abastecido com etanol. Esse propulsor é conectado a um câmbio manual de seis marchas. Já o 1.0 turbo flex, também de três cilindros, pode ser combinado a uma caixa automática de seis velocidades. O novo propulsor entrega 116 cv de potência e 16,3/16,8 kgfm de torque (gasolina/etanol) – números inferiores aos 125 cv e 18,3 kgfm da versão chinesa, que possui injeção direta de gasolina.

Em termos de conteúdo, um dos destaques é a nova geração do sistema multimídia MyLink. Além do visual atualizado, da integração com o serviço OnStar de rastreamento e concierge e compatibilidade com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay, o equipamento conta com internet sem fio 4G, que cria uma rede de navegação para até sete dispositivos no interior do veículo. Segundo a General Motors, o novo Onix Plus recebeu 17% mais aços de alta resistência como forma de aumentar a rigidez torcional e a segurança. O motor de três cilindros pesa 15 quilos a menos e as novas suspensões permitiram economia de outros seis quilos.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES