Publicidade
Libertadores

Clube paraguaio demite técnico antes de amistoso com o Athletico

Treino do General Díaz
Treino do General Díaz (Foto: Reprodução/Facebook/ClubGeneralDiaz)

O General Díaz chega ao Brasil sem o técnico Florencio Villalba, 49 anos. Ele estava no clube desde 2013 e acabou demitido no fim de semana, após a derrota por 4 a 0 para o Libertad, fora de casa, no último sábado. Com o resultado, o time ficou em 10º lugar entre os 12 participantes do Campeonato Paraguaio, com uma vitória, um empate e três derrotas.

Villalba estava no comando do time principal desde 2018. Antes, de 2013 a 2017, trabalhou como auxiliar-técnico e como treinador de equipes alternativas do clube.

Nesta quarta-feira (dia 13) às 19h30, o General Díaz enfrenta o Athletico Paranaense, na Arena da Baixada, em amistoso de preparação do clube brasileiro para a Copa Libertadores. Clique aqui para saber sobre ingressos e sobre a transmissão do jogo pela internet.

OS RESULTADOS
Do General Díaz em 2019
Luquenõ 2x2 General Díaz
General Díaz 2x0 Deportivo Santaní
Sol de América 3x0 General Díaz
General Díaz 1x3 Cerro Porteño
Libertad 4x0 General Díaz

Nesta quarta-feira, o General Díaz será comandado pelos auxiliares Luis Escobar e Miguel Mendoza.

Villalba vinha escalando uma equipe com seis novatos sub-23, todos revelados no próprio clube, além do veterano Tomás Bartomeus, 36 anos, que já fez dois jogos pela seleção paraguaia e passou toda a carreira profissional em clubes do próprio país.

Os nomes de maior destaque entre os titulares eram os meias argentinos Cristián Gaitán, 29 anos, e Pablo Gaitán, 26 anos. Pablo passou a maior parte da carreira no Atlético Rafaela, da Argentina. Cristián foi revelado no Independiente, da Argentina, e já atuou por Cobreloa (Chile) e Deportivo Cali (Colômbia).

A última escalação do General Díaz foi Miguel Martinez; Luis Giménez, Jesús Godoy, Alex Garcete e Tomás Bartomeus; Aldo Maíz, Cristian Gaitán, Darío Ríos, Diego Vera e Pablo Gaitán; Ever Ramírez.

O goleiro argentino Osvaldo Cabral, 33 anos, ex-Huracán, foi titular do General Díaz nos primeiros quatro jogos do ano.

O atacante Rogerio Leichtweis, 30 anos, ex-Guarani de Campinas, atuou em três jogos e marcou um gol pelo clube em 2019.

ADVERSÁRIO
O General Díaz, de Luque, no Paraguai, foi fundado em 1917 e nunca conquistou a primeira divisão do Paraguai. Seu principal título foi a segunda divisão de 2012. Em 2018, terminou em 11º lugar o campeonato nacional.

DESTAQUES DOS EDITORES