Publicidade
Palco Axe

Com ares místicos, Aurora mostra pop melódico

VICTORIA AZEVEDO SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Representante do pop escandinavo, da mesma safra de Zara Larsson, MØ e Tove Lo, a cantora norueguesa Aurora subiu ao palco Axe às 18h20. Quando ainda estavam passando propagandas nos telões laterais, o público chamava, em coro, a cantora ao palco. "Aurora, se você quiser o mundo eu consigo ele para você", gritou um fã. Outro segurava um cartaz com a frase "me convide para ser o seu Auroro".

A artista de 21 anos foi a última atração a ser divulgada no line-up do evento. Isso porque o rapper americano Tyler, the Creator cancelou seu show 11 dias antes do festival. Com um top preto, barriga à mostra, saia branca, jaqueta de paetê laranja, e fita amarrada na cintura, Aurora (que em alguns momentos lembra fisicamente a cantora Sia) abriu a apresentação com a música "Soft Universe". No telão, uma montagem com o seu nome e a bandeira do Brasil. Acompanhada de banda formada por DJ, teclado, bateria e guitarra, ela embalou o público com a faixa "Queendom". Estes dois singles vão entrar em seu próximo álbum, com previsão de lançamento para ainda este ano.

"Boa noite guerreiros e guerreiras", esboçou em português, para euforia de quem estava assistindo. "Estou muito feliz e com o corpo arrepiado de ver tantas pessoas no mesmo espaço". Ela também se arriscou em outros clichês em português, como "obrigada" e "te amo" e até mesmo um "vocês são foda". "Estou tentando aprender a língua. Mas as coisas principais eu já sei", disse. Com seu pop de voz melódica e cheia de agudos, ela animou o público em apresentação com ares místicos –seja pelo tom das letras, pelas dancinhas ou pelas fumaças coloridas que invadiam o palco. Predominantemente jovem, a multidão reunia fãs da cantora e outros curiosos que estavam à espera de Lana Del Rey, que se apresenta em seguida no palco ao lado.

Foi preciso só alguns segundos da música "Runaway", do seu álbum de estreia, "All My Demons Greeting Me as a Friend" (2016), para levar o público aos gritos. Este é o maior hit da cantora. Há que diga que foi um tweet elogiativo da cantora Katy Perry em 2015 sobre "Runaway" que impulsionou a carreira da artista. O repertório misturou temas que estarão em seu próximo lançamento e faixas já conhecidas pelo público, como "Under Stars", "Warrior", "I Went too Far",  "Animal", "Running with the Wolves" e "Conqueror", todas do primeiro CD.

DESTAQUES DOS EDITORES