Publicidade

Com duas decisões do VAR, Santos e Internacional empatam sem gols

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após um gol e um pênalti anulados pelo VAR, Santos e Internacional empataram em 0 a 0 na tarde de domingo (26), na Vila Belmiro. O resultado deixa as duas equipes distantes do líder Palmeiras, com a possibilidade de perderem posições até o final da rodada.

A atacante Guilherme Parede chegou a comemorar gol do Internacional contra o Santos, aos 30 minutos do primeiro tempo, mas o auxiliar marcou impedimento de Guerrero, que participou do lance. O VAR foi acionado, confirmando a decisão da arbitragem.

Na segunda etapa, aos 38 minutos, o árbitro assinalou pênalti para o Santos por toque de Victor Cueva em Rodrygo dentro da área. Após a revisão das imagens, no entanto, o VAR anulou a marcação.

Com o resultado, o Santos permanece na quarta posição, com 11 pontos, mas ainda pode ser superado na tabela pelo Corinthias, que faz clássico contra o São Paulo às 19h, e pelo Goiás, que joga na segunda (27) contra o CSA.

Com 10 pontos conquistados, o Internacional caiu para sexto lugar após vitória do Flamengo sobre o Athletico-PR no Maracanã, e ainda pode perder posições para Goiás, Corinthians e Bahia nesta rodada.

O jogo começou aberto na Vila Belmiro, com as duas equipes buscando o gol. O Santos partia mais para o ataque, com o Internacional procurando o contra-ataque. Apesar da boa movimentação, porém, não houve muitas chances claras de marcar para nenhum dos lados.

O Internacional passou a dominar a partida nos últimos 15 minutos do primeiro tempo, chegando a ameaçar o gol santista. Além do gol anulado, Parede ainda teve outra boa chance, mas parou em boa defesa do goleiro Vanderlei.

O segundo tempo começou do mesmo jeito que o primeiro: com poucas chances de gol para as duas equipes. Ao longo da segunda etapa, Nonato, do lado do Internacional, e Jean Mota, pelo Santos, tiveram a oportunidade de abrir o placar, mas desperdiçaram.

O Santos volta a entrar em campo no domingo (2), contra o Ceará, pelo Brasileiro. A próxima partida do Internacional será contra o Paysandu, na quarta-feira (29), no jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil.

SANTOS

Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Jorge; Diego Pituca e Jean Lucas (Kaio Jorge); Carlos Sánchez (Eduardo Sasha); Jean Mota, Soteldo (Cueva) e Rodrygo

Técnico: Jorge Sampaoli

INTERNACIONAL

Marcelo Lomba; Bruno, Emerson, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Lindoso, Edenilson (Rithely) e Nonato; Guilherme Parede, Nico López (William Pottker) e Guerrero (Rafael Sóbis)

Técnico: Odair Hellmann

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)

Assistentes: Bruno Boschilia e Victor Hugo Imazu dos Santos (ambos do PR)

VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Cartões amarelos: Jean Lucas, Diego Pituca, Soteldo, Lucas Veríssimo e Jorge Sampaoli (Santos); Bruno, Iago, Odair Hellmann, Rafael Sóbis e Nico López (Internacional)

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES