Na Arena da Baixada

Com gol de Kayzer, Athletico vence o Metropolitanos e lidera grupo da Sul-Americana

(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)

O Athletico Paranaense venceu por 1 a 0 o Metropolitanos, da Venezuela, nessa quarta-feira (dia 28) à noite, na Arena da Baixada, pela segunda rodada do Grupo D da Copa Sul-Americana. Com o resultado, o time brasileiro lidera com seis pontos, à frente do Melgar, do Peru, que tem três pontos e joga contra o Aucas às 21h30 dessa quarta-feira. O Metropolitanos está na lanterna, sem pontuar em dois jogos. Só o primeiro colocado de cada grupo avança para a próxima fase.

Na próxima rodada, o Athletico vai ao Peru enfrentar o Melgar, na próxima terça-feira (dia 4) às 21h30.

Essa foi a segunda vez na temporada 2021 que o Athletico usou os titulares do elenco principal. A primeira foi na vitória sobre o Aucas, no Equador. Contra o Cascavel CR, no Paranaense, o clube escalou reservas do elenco principal.

Clique aqui para ver as ATUAÇÕES — notas para os jogadores do Athletico.

Fundado em 2011, o Metropolitanos jogou fora da Venezuela pela primeira vez por uma competição oficial.

ESCALAÇÃO
O desfalque no Athletico era o ponta Carlos Eduardo, lesionado. A principal novidade foi o ponta Vitinho como titular e o volante Christian no banco. O esquema tático era o 4-2-3-1 de sempre, com Nikão (centro), Canesin (direita) e Vitinho (esquerda) na linha de três. Cittadini e Richard eram os volantes. O Metropolitanos veio no 5-4-1.

PRIMEIRO TEMPO
O time venezuelano ficou recuado e mostrou boa organização defensiva. O Athletico teve facilidade para trocar passes e chegar até o terço final. A partir dali, porém, tinha pouco espaço. Foram quatro boas jogadas no primeiro tempo, duas delas do ponta Vitinho. A melhor foi aos 18, quando ele recebeu na área, fintou o zagueiro e chutou na trave. O Metropolitanos pouco atacou nesse período e só levou algum perigo em um bola levantada para a área.

SEGUNDO TEMPO
No intervalo, o Athletico tirou Cittadini e colocou o lateral-direito Khellven. Com isso, Erick virou volante e o esquema tático foi mantido. Outra alteração foi no posicionamento, com Nikão na direita e Canesin centralizado. O jogo recomeçou com chance de gol incrível para o Metropolitanos, aos 6 minutos. Flores cruzou e Cova, na cara do gol, chutou para fora. O Athletico abriu o placar em seguida, aos 8, em belo lançamento de Thiago Heleno para Khellven, que recebeu na área e cruzou para Renato Kayzer cabecear: 1 a 0. O Metropolitanos tentou avançar e atacar, mas não teve qualidade para isso. O Athletico passou a administrar o placar e reduziu o ritmo.

EXPULSÃO NO FIM
Aos 23, saiu Canesin e entrou o ponta Yago. Aos 32, saiu Erick e entrou o volante Christian. Aos 33, Bustillo agrediu Kayzer e acabou expulso. O Metropolitanos ficou com um jogador a menos e, mesmo assim, quase empatou aos 38, em belo lançamento de Rosa. Mancin saiu na cara do gol e chutou para fora. Aos 40, entraram o centroavante Matheus Babi e o ponta Reinaldo.

ESTATÍSTICAS
No total dos 90 minutos, o Athletico teve 27 finalizações (6 certas), 74% de posse de bola e 91% de eficiência nos passes. Já o Metropolitanos somou 5 finalizações (1 certa), 26% de posse de bola e 67% de eficiência nos passes. Os dados são do site Sofascore.

ATHLETICO 1x0 METROPOLITANOS
Athletico: Santos; Erick (Christian), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard, Fernando Canesin (Yago), Léo Cittadini (Khellven), Vitinho (Reinaldo) e Nikão; Renato Kayzer (Matheus Babi). Técnico: António Oliveira
Metropolitanos: Schiavone; Bolívar, Ferro, Pabón, Banachille e Cova (Mancin); Leonardo Falcón, Larotonda (Rosa), Flores (Pavone) e Martell (Soto); Bustillo. Técnico: José María Morr
Gol: Renato Kayzer (8-2º)
Expulsão: Bustillo (33-2º)
Cartões amarelos: Nikão (A). Cova, Mancin, Pavone (M)
Árbitro: Gustavo Tejera (Uruguai)
Local: Arena da Baixada

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
6 - Vitinho tabela com Abner, sai na cara do gol e toca sobre o goleiro. O zagueiro salva.
18 - Vitinho recebe na área, finta o zagueiro e chuta na trave.
20 - Depois de cruzamento, Thiago Heleno tira da área. Cova pega o rebote e chuta de fora da área. Santos espalma no canto.
31 - Erick enfia. Canesin entra nas costas do lateral, invade a área e chuta sobre o gol.
37 - Abner chuta de fora da área. A bola vai sobre o gol.
47 - Falta na direita. Nikão cobra com estilo e tenta o ângulo. A bola passa perto.
48 - Abner chuta da entrada da área. A bola desvia na zaga e obriga o goleiro a fazer boa defesa.

Segundo tempo
6 - Flores cruza da direita. Cova recebe livre, na cara do gol, e manda para fora.
8 - Gol do Athletico. Thiago Heleno lança e enconra Khellven livre na área. Ele cruza e Kayzer cabeceia livre.
33 - Bustillo agride Kayzer e é expulso.
38 - Rosa lança, Mancin recebe nas costas de Abner, sai na cara do gol e chuta para fora.
39 – Kayzer recebe nas costas da defesa, dribla o goleiro e chuta. A zaga tira.