Publicidade
Série B

Com golaço de Alano, Coritiba vence 'visitante incômodo' e assume a vice-liderança

O Coritiba venceu por 3 a 2 o Botafogo-SP, nessa segunda-feira (dia 29) à noite, no Couto Pereira, pela 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense ficou em 2º lugar, com 22 pontos, mas ainda pode perder posições na tabela até o fim da rodada, nesta terça-feira (dia 30). A equipe de Ribeirão Preto (SP) está na 6ª colocação, com 20 pontos. Clique aqui para ver a classificação, no site Srgoool.

Com o resultado, o Coxa completou quatro partidas consecutivas sem perder – com três vitórias seguidas no Couto e um empate fora de casa.

O Botafogo segue como o melhor visitante da Série B, com quatro vitórias, um empate e duas derrota fora de casa.

Em relação ao desempenho, o Coritiba finalmente teve um desempenho digno de G4 no aspecto individual. No entanto, na parte tática, o time continua com falhas na marcação e com falta de criatividade na construção. O bom poder ofensivo apresentado diante do Botafogo foi mérito da qualidade técnica dos jogadores.

TÉCNICO
Esse foi o 20º jogo do técnico Umberto Louzer no Coritiba, agora com 10 vitórias, 6 empates e 4 derrotas.

ESCALAÇÃO
Ainda sem Wilson e Rafinha, em recuperação, o Coritiba fez uma mudança em relação ao último jogo: Giovanni como titular no lugar de Luiz Henrique, lesionado. Patrick Brey era outra baixa, também por contusão. O esquema tático foi o 4-1-4-1 de sempre, com Matheus Sales como único volante. Giovanni e Alano jogaram mais centralizados na linha de quatro, enquanto Robson e Thiago Lopes se alternaram nas pontas. O Botafogo não tinha o volante Marlon Freitas (24 anos, ex-Fluminense), suspenso.

PRIMEIRO TEMPO
O Coritiba aplicou pressão total no início e abriu 2 a 0 no placar em 13 minutos. Aos 10, Alano cobrou escanteio, Mattioni desviou de cabeça e Sabino chutou livre, na pequena área: 1 a 0. Aos 13, Rodrigão fez o pivô na meia-lua e deu belo toque para Robson, livre na área, fuzilar o goleiro: 2 a 0. Depois disso, o Botafogo corrigiu a marcação e equilibrou o jogo. E chegou ao empate com gol aos 31 e aos 43. No primeiro, Nadson (ex-Paraná) acertou uma bomba de longa distância. No segundo, Saraiva fez jogada pela esquerda, Henan confundiu a zaga e a bola sobrou para Murilo, livre. O Coxa ainda teve mais duas finalizações perigosas na primeira etapa – uma de Thiago Lopes e outra de Giovanni.

SEGUNDO TEMPO
No intervalo, o Coritiba trocou na lateral-direita: saiu Mattioni e entrou Diogo Mateus. O time paranaense recuperou o domínio do jogo e fez 3 a 2 aos 8 minutos, com um golaço de Alano. Ele partiu da defesa, passou por dois, tabelou com Rodrigão e, dentro da área, deu um tapinha por cobertura. Aos 18, saiu Rodrigão, com dores musculares, e entrou o centroavante Igor Jesus. O jogo ficou truncado, sem jogadas de ataque expressivas dos dois lados. Aos 33, saiu o meia Giovanni e entrou o volante Vitor Carvalho. O esquema mudou para o 4-2-3-1.

GOL MAL ANULADO
Aos 17 minutos, Diogo Mateus cobrou escanteio. Walisson Maia ajeitou de cabeça e Thiago Lopes marcou o gol. A arbitragem anulou por impedimento. A imagem do Sportv mostrou que o lance foi legal.

ESTATÍSTICAS
Nos 90 minutos, o Coritiba somou 14 finalizações (5 certas), 43% de posse de bola, 78% de acerto nos passes e 9 escanteios. O Botafogo obteve 13 finalizações (6 certas), 57% de posse de bola, 86% de acerto nos passes e 3 escanteios. Os números são do site Sofascore.

CORITIBA 3 x 2 BOTAFOGO
Coritiba: Alex Muralha; Felipe Mattioni (Diogo Mateus), Walisson Maia, Sabino e William Matheus; Matheus Sales; Juan Alano, Giovanni (Vitor Carvalho), Thiago Lopes e Robson; Rodrigão (Igor Jesus). Técnico: Umberto Louzer
Botafogo: Darley; Lucas Mendes, Luiz Otávio, Didi e Pará; Higor Meritão e Willian Oliveira (Pablo); Murilo, Nadson (Bruno José) e Felipe Saraiva (Erick Luís); Henan. Técnico: Roberto Cavalo
Gols: Sabino (10-1º), Robson (13-1º), Nadson (31-1º), Murilo (43-1º) e Alano (8-2º)
Cartões amarelos: Luiz Otávio e Willian Oliveira, Lucas Mendes, Bruno José (B). Rodrigão, Giovanni, Igor Jesus, Robson, Alex Muralha (C).
Árbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães (CE)
Público: 23.436 pagantes
Local: Couto Pereira

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
3 – Pressão do Coxa. Robson chuta forte. O goleiro rebate. Rodrigão aproveita e tenta de novo. O goleiro espalma.
10 - Gol do Coritiba. Alano cobra escanteio. Mattioni desvia de cabeça e a bola encontra Sabino, na pequena área. Ele chuta e marca.
13 – Gol do Coritiba. Rodrigão divide na meia-lua, ganha do zagueiro e ajeita com estilo para Robson, na área. Ele chuta e marca.
22 – Pará cruza. Henan cabeceia fraco, ao lado do gol.
30 – Thiago Lopes invade a área e solta a bomba. A bola passa perto do ângulo.
31 – Gol do Botafogo. Nadson solta a bomba, de longe, e acerta no canto.
40 – Falte perto da área. Murilo cobra no ângulo. Muralha espalma.
43 – Gol do Botafogo. Saraiva faz jogada pela esquerda e cruza. Henan divide com a zaga. A bola sobra para Murilo, livre, completar.
44 – Giovanni chuta de fora da área. O goleiro espalma no cantinho.

Segundo tempo
8 - Gol do Coritiba. Alano parte do campo de defesa. Dá uma caneta no primeiro, passa pelo segundo, tabela com Rodrigão, recebe na área e toca por cobertura, sobre o goleiro.
17 - Diogo Mateus cobra escanteio. Walisson Maia ajeita de cabeça e Thiago Lopes marca o gol. A arbitragem anula por impedimento. A imagem do Sportv mostra que o lance foi legal.
29 – Pará cobra falta e lança para a área. Luiz Otávio desvia e Muralha espalma no canto.
43 – Matheus Sales divide a bola com Higor Meritão. A bola sobe, cai com efeito e quase entra direto no gol. O goleiro espalma para escanteio.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES