Publicidade
Tradição

Com quaresma, preço da carne cai até 10,4% em Curitiba

Quaresma vai até o dia 18 de abril: carnes em baixa
Quaresma vai até o dia 18 de abril: carnes em baixa (Foto: Franklin de Freitas)

A venda de carnes vermelhas no período da Quaresma geralmente é menor. Isso porque, segundo a tradição católica, não se deve comer carne nas quartas e sextas-feiras nos 40 dias que antecedem a Páscoa.

Com essa queda na demanda, quem acaba se dando bem são aqueles que não costumam guardar essa tradição. Os preços das carnes vermelhas costumam cair em função deste comportamento no mercado.

Em Curitiba, houve queda do preço de alguns cortes de carne bovina acompanhados diariamente pelo Disque Economia, serviço da Secretaria Municipal de Abastecimento, nos supermercados da Capital. A análise considerou os preços médios praticado nos dias 1 º de fevereiro a 15 de março.

O preço médio do quilo do contra filé, por exemplo, um dos cortes usados por quem gosta de carne assada na grelha, recuou 10,44%, passando de R$ 28,89 para R$ 26,10, considerando os valores médios praticados.

Se a comparação de preços for entre os dias 1º e 15 de março, cortes como filé mignon recuaram 1, 23% e coxão mole 7,99%. Os dois cortes são muito usados em assados. O preço médio do quilo do mignon passou de R$ 44,48 para R$ 43,94 e o coxão mole, de R$ 25,42 passou para 23,54.

Neste ano a Quaresma teve início no dia 6 de março, logo após o Carnaval, e segue até o dia 18 de abril, véspera da Sexta-Feira Santa, que antecede a Páscoa.

DESTAQUES DOS EDITORES