R$ 650 mil

Com recursos próprios, UFPR lança três editais de fomento à pesquisa

(Foto: Divulgação)

A UFPR vai destinar R$ 650 mil em recursos do orçamento da própria universidade para o fomento à pesquisa. Os recursos estão distribuídos em três editais internos, lançados esta semana pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, e que fazem parte do esforço da instituição para minimizar os efeitos dos cortes orçamentários sofridos pela área de pesquisa.

O primeiro edital – N. 03/2018 – traz uma iniciativa pioneira: vai financiar, com verba própria da UFPR, projetos de workshops de pesquisas com o intuito de aprofundar a discussão a respeito da pesquisa nacional no contexto da internacionalização. O edital abrange as áreas de biodiversidade e meio ambiente; materiais avançados; energias renováveis e novas fontes de energia; biociências e saúde; e democracia, cultura e desenvolvimento. São R$ 150 mil, que permitirão trazer pesquisadores de outras instituições para os eventos na UFPR.

O edital N. 04/2018 , no valor total de R$ 260 mil, é destinado a apoiar projetos de pesquisa no âmbito dos eixos estruturantes do atual Plano de Desenvolvimento Institucional da universidade. Assim, poderão ser contemplados projetos nas áreas de meio ambiente e sociedade; biodiversidade e biociências; materiais manufaturados; nanotecnologia; energias renováveis; sistemas agroalimentares e agronegócios; promoção da saúde humana; modelagem e simulação computacional; democracia, direitos humanos, diversidade e inclusão social; sociedade, cultura e linguagem.

Nesse caso, metade dos recursos é destinada a grupos com média de anos de titulação de até 10 anos e a outra metade, para grupos com média superior a 10 anos.
O terceiro edital – N. 05/2018 – prevê R$ 240 mil para apoio à manutenção corretiva ou preventiva de equipamentos multiusuário – ou seja, utilizados em atividades de pesquisa de interesse de pelo menos dois programas de pós-graduação stricto sensu. O objetivo é evitar interrupção de atividades de pesquisa e do desenvolvimento de teses e dissertações.

“Embora os recursos não atendam integralmente às necessidades dos nossos pesquisadores, esta é uma grande notícia no contexto de severas restrições orçamentárias em que vivemos”, afirma o reitor Ricardo Marcelo Fonseca. “A UFPR faz um grande esforço em prol da pesquisa, sinalizando para sua comunidade científica o reconhecimento ao trabalho de excelência realizado na instituição e a determinação de continuar se empenhando para manter e, na medida das possibilidades, ampliar o apoio e o incentivo à pesquisa.”

De acordo com a coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento da Ciência e Tecnologia da PRPPG, Ana Sofia de Oliveira, a iniciativa revela um sinal de maturidade da universidade. “A UFPR está solidária com seus pesquisadores e quer incentivar que a pesquisa continue acontecendo na instituição”.

Outra novidade é que os editais contemplarão grupos de pesquisa e não profissionais de forma individual. Os grupos devem ser certificados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

As condições das propostas e prazos de inscrição podem ser conferidas em cada um dos editais.