Publicidade

Com Talles Magno e Reinier, seleção é convocada para o Mundial Sub-17 em casa

A seleção brasileira sub-17 está convocada para a disputa do Mundial da categoria, que será realizado no Brasil a partir de 26 de outubro. Nesta sexta-feira, na sede da CBF, no Rio de Janeiro, o técnico Guilherme Dalla Dea anunciou a lista de 21 jogadores que defenderão o País na luta pelo quarto título da competição. Entre eles estão o atacante Talles Magno, do Vasco, e o meia Reinier, do Flamengo, que já fazem parte dos elencos principais de seus clubes.

O longo período entre o início dos treinos na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), previsto para o dia 7 de outubro, e o encerramento do Mundial, em 17 de novembro, na qual a seleção espera poder estar presente na luta pelo título, preocupa principalmente os dois rivais cariocas. Talles Magno e Reinier já foram, inclusive, liberados de servir a seleção sub-17 em amistosos por uma decisão favorável do STJD em ações impetradas por Vasco e Flamengo.

Ao contrário do que acontece em competições adultas da Fifa, os clubes não são obrigados a liberar os seus jogadores para o Mundial Sub-17. Questionado sobre as situações de Talles Magno e Reinier, o ex-lateral-esquerdo Branco, atual coordenador das seleções de base da CBF, espera que os dois não tenham problemas para se apresentarem.

"Sinceramente, sendo data Fifa ou não, acima de tudo, o presidente do clube, o próprio torcedor, mas sei que querem o lado dele. Mas jogar Mundial é prêmio ao atleta. O maior que pode ter na vida. Com todo respeito ao Vasco, não penso em nenhuma hipótese, não entra na minha cabeça um pedido de desconvocação do Vasco. Independentemente de ir à Fifa ou não. Mundial muda a carreira de muitos atletas. Como mudou de muitos", disse Branco.

Sobre eventuais pedidos de liberação, Dalla Dea diz que a seleção também é importante. "Temos que ter os melhores. Tanto Talles como Reinier hoje atuam nos seus clubes, no profissional, mas entendemos a importância deles na seleção", afirmou.

Polêmica à parte, o treinador manteve a base da seleção que jogou vários amistosos pelo Brasil e na Europa nos últimos meses. O clube que mais teve jogadores convocados foi o Palmeiras, com quatro. O São Paulo cedeu três, enquanto que Flamengo, Corinthians e Santos, dois cada.

De acordo com a programação da CBF, os atletas se apresentarão no dia 7 de outubro em Teresópolis e ficarão na Granja Comary até o dia 22, quando viajarão para Brasília - antes, no dia 19, farão um amistoso contra os Estados Unidos. No estádio Bezerrão, na cidade-satélite do Gama (DF), o Brasil abrirá o Mundial Sub-17 contra o Canadá no dia 26.

No mesmo local, no dia 29, o adversário da segunda rodada do Grupo A será a Nova Zelândia. Por fim, em 1.º de novembro, no estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES), o rival será Angola.

Confira a convocação da seleção para o Mundial Sub-17:

Goleiros - Cristian (Atlético-MG), Marcelo (Fluminense) e Matheus Donelli (Corinthians);

Laterais - Gustavo Garcia (Palmeiras), Yan (Coritiba) e Patryck (São Paulo);

Zagueiros - Henri (Palmeiras), Luan Patrick (Athletico-PR), Paulo Eduardo (Cruzeiro) e Renan (Palmeiras);

Meio-campistas - Daniel Cabral (Flamengo), Diego Rosa (Grêmio), Matheus Araújo (Corinthians); Reinier (Flamengo), Sandry (Santos) e Talles Costa (São Paulo);

Atacantes - Gabriel Veron (Palmeiras), João Peglow (Internacional); Juan (São Paulo), Kaio Jorge (Santos) e Talles Magno (Vasco).

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES